! !

segunda-feira, 28 de maio de 2012





“Durante anos que hoje parecem ser uma eternidade, mantive “oteudoceolhar”, no sapo…
Hoje andava à procura de uns textos, para colocar no blogger…
Hoje andava à procura de pedacinhos do passado para colocar no presente…
Hoje, andava à procura das memórias do Carvoeiro,
para dar inicio ao desafio das “As amantes de verão”…
Hoje vi, hoje senti, hoje morreu parte de mim, d
a parte que deveria ter morrido, mas também parte da Parte que deveria manter…
Hoje vi o que felizmente está guardado a sete chaves…
O meu primeiro filho… “oteudoceolhar”, que teve inicio no sapo…foi apagado.
Felizmente copiados todos os textos, todos os comentários, todas as montagens… estão guardadas.
Mas ali apagado.
O que sinto?
Um misto…
Ainda bem que o servidor teve coragem de apagar o que simplesmente eu não tive…porque era tão meu.
Tenho a consciência de que é melhor assim, tenho consciência que um dia chegaria a hora e seria eu a apagar, tenho consciência de que por ventura nunca seria capaz.
Saudades?
Do passado, não!
Do passado da infância, do passado, das memórias de Maria aos 33 anos, … dos imensos comentários.
Das quase 90000 visitas, dos passatempos, que enchiam o meu tempo, que era cheio de um vazio, completado nas palavras, minhas e dos outros.
Ali encontrei um novo caminho até mim, o das palavras…
Ali naquele espaço, onde sei  que se via a mal amada, a que sofreu e sofria, de males e mazelas,
a sonhadora, a amiga, a miúda de ontem de hoje…
Quem fui, quem sou, quem um dia irei ser?
Quem sabe?
Nem Maria tao pouco, mas do pouco sabe muito e isso basta-lhe.
Teve um fim, ainda bem para mim!
Qual Fénix renascida…
Um novo inicio no fim, que se fez há pouco mais de um ano quando decidi mudar de servidor.
Decisão que adiei e adiei, porque não tinha como refazer o template, se não fosse a “Ana scoorpio”,
“oteudoceolhar”, não se manteria como eu sempre o vi, e senti…
Azul, com aquela mulher que tem o olhar para baixo, serena…
Longe, lá longe, que não mostra através do olhar o espelho que é a alma…

Tantos foram o que por lá passaram, poucos são os que se mantém.
Mas são os que se mantém ao meu lado que fazem o hoje.
O ontem está lá atrás no passado.
Com partes bem mais do que guardadas, na minha tão famosa caixa de Pandora,
também ela bem fechada a sete chaves, guardada bem no fundo de mim…
Chega!
Teve um fim.
Caminhemos juntos, vocês que se mantém aí, eu que firme me mantenho aqui.
Já diz o ditado “só está quem faz falta”… e todos vocês os que se mantém. Obrigada!
Aos que chegam de novo e voltam. Obrigada!
A mim…Obrigada!
Por me manter como fui, como sou, na esperança em  quem irei ser, um dia a cada dia...
Eu!”

Maria.

(Montagem é repetida, pois é...mas é esta que entendo tem de estar aqui, hoje)

Beijo n´oteudoceolhar.




13 Comentários:

Blogger Secreta disse...

Olá! COmo entendo o que sentes. Posso mesmo dizer-te que sinto cada uma destas palavras...
Também o meu primeiro blog foi eliminado, também eu não tinha tid coragem de o fazer...mas eis que um dia, deixei de conseguir lá entrar...não sei até se por um erro passageiro, ou porque foi definitivamente apagado...não sei! Não voltei a tentar entrar. E se por um lado sinto falta daquele cantinho, e fico tentada a voltar a tentar entrar lá, por outro, sinto que o melhor foi mesmo te-lo "perdido", te-lo deixado para trás, no passado, no lugar onde ele pertence. ACho que me entendes...
Por isso, vamos lá a viver o presente! De cabeça erguida e de olhos postos no futuro .
;)
Beijito.

28 de maio de 2012 às 15:51  
Blogger oteudoceolhar disse...

...e aí estás Tu.
E aí te mantens, este é um laço, a não desenlaçar...
E Tu sim eu sei que me entendes. Doi sim doi um pouco. Mas o que está lá para trás, está...Vivamos sim o presente de olhos bem postos lá à frente, no futuro.
Tu conheces-me desde o início, nós sabemos os quês e porquês porque estamos cá...
Bora lá viver o presente...
Dar vivas aos que cá estão, que os que partiram, desses não reza a história.
Obrigada (pelos outros comentários já lidos)
E sabes que mais???
Gosto-te!
MUITO!

Beijo n´oteudoceolhar*

28 de maio de 2012 às 16:00  
Blogger Impossible-not-fall disse...

Minha querida,

O que foi lá atrás, fica lá atrás!!

Ao contrario de ti, eu gosto de entrar no meu passado, pois também tive momentos muitos doces lá, talvez os amargos foram mais sentidos, mas os doces fazem-me ter força para o aqui o agora...

Beijinho

28 de maio de 2012 às 16:32  
Blogger oteudoceolhar disse...

Impossible,

eu sempre que quero entro no passado, que sim óbvio também tenho bons momentos, nem tudo é mau. Mas se tivesses conhecido o outro oteudoceolhar, ias encontrar uma pessoa completamente diferente, bem aqui no inicio essa pessoa também cá estava ao inicio...
Foi melhor assim...vamos para a frente, caminhando pé ante pé...caminhando. Mantendo os laços bons que nos atam...

Beijo grande n´oteudoceolhar.
(vou visitar-te)

28 de maio de 2012 às 16:42  
Blogger Turista disse...

Olá, eu sou a Manuela, o outro elemento do "staff" do desafio "As Amantes do Verão" e como ainda não tinha tido oportunidade de vir conhecer o teu cantinho, aqui estou eu.
Obrigada pela tua adesão ao nosso desafio e espero que te divirtas muito! :)
Beijinhos.

28 de maio de 2012 às 21:30  
Blogger Flor de Jasmim disse...

Maria querida
Ninguém pode alterar o passado, mas sim aprendermos aviver com ele!Esta é a minha melhor forma que encontrei após o cancro ceifar a vida do meu marido e um virus apanhado no hospital ceifar a do meu netinho com 6 meses.
Olhar o passado por vezes é bom, recordações sejam boas ou não existem, as saudades essas só das coisas boas.
Nada melhor que viver um dia de cada vez caminhando de rosto levantado e poderemos dizer "eu sou a Maria", pois é Maria somos duas.
Força querida
Boa semana

Beijinho e uma flor

28 de maio de 2012 às 22:18  
Blogger Nilson Barcelli disse...

O blogue morreu?
Viva o blogue...
Beijo, querida amiga.

29 de maio de 2012 às 21:24  
Blogger Sonhadora disse...

Minha querida

Ficam saudades, eu não passei por isso, mas deve ser triste, para mim também o blogue e as pessoas que fui encontrando já fazem parte da minha vida.
o blogue fez-me voltar a ser pessoa (estranho...mas verdadeiro) e tenho medo de um dia ficar sem ele, tem um pedaço de mim.
Mas minha querida...o futuro é hoje e o passado são recordações uma boas outras menos.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

30 de maio de 2012 às 03:29  
Blogger PauloSilva disse...

Só realmente está quem faz falta, relembremos disso. E o mar também vai, mas volta. E a única certeza que temos, é a certeza que ele nunca nos abandona realmente. E porque as nossas conversas sempre começam ou abrangem o mar? De braços abertos num abraço.
E não vamos esquecer que a Fénix renasce das próprias cinzas. Seremos assim? Claro que sim! Depois da explosão renascem os sentimentos, o sentir.
E o importante, minha querida tia, é encontrar sempre o caminho, o lugar por onde voltar ou por onde partir.
Tudo tem um fim, mas nós é que decidimos como o colocar. Não é assim?
Um grande abraço. Tão grande...

30 de maio de 2012 às 12:15  
Blogger oteudoceolhar disse...

…e o sobrinho mais querido de sua tia está, e faz muito bem, porque muito me honra a tua presença Pensador.
Estás aì e aí te peço para te manteres.
Não o Mar nunca nos abandona, e sabes porquê?
Sendo ele força maior, também ele é força motora do nosso sentir… e eu olho o nosso Mar, e vejo alguém lá parado a comtemplar o meu Mar, o meu doce Mar. Ele olhou o meu Mar, como eu o olho…sonhadoramente falando.
A mente fica a li presa, o tempo não anda e pára…o Tic! Tac! Do relógio ganha outro som, ou simplesmente, não anda…apenas é movido pelo bater do coração, e esse Pensador, bate, ele bate mesmo. E eu que um dia o dei como morto…ele bate!
Tudo tem um fim…sábias são as palavras do Pensador, essas são sem dúvida sábias, porque o Pensador, sendo um homem do amanhã aprende no hoje…que é o aqui e agora.
O caminho é em frente, não tem nada que enganar nem saber.
Caminhemos, porque no fim iremos acabar por ir de encontro com o Mar.
Assim se inicia, assim termina, o Mar…ao Mar!
Como alguém um dia me disse “Olha estás a ver o Mar? Foi ali que ela começou, a vida…”
Nem mais.
Beijo n´oteudoceolhar.

30 de maio de 2012 às 13:13  
Blogger oteudoceolhar disse...

Minha Flor,

muito bem dito...vivendo um dia de cada vez...hoje, o sol já vai alto, o seu calor faz-se sentir...vamos então sentir, o calor do sol no nosso coração, vamos procurar aquecer a alma, o brilho de um sorriso no lábios e esse "eu sou a Maria", tem muito que se lhe diga...acredita!
E sim eu sou a Maria.
Vamos...pé ante pé...vamos lá caminhar.
Força!
Beijo n´oteudoceolhar.

30 de maio de 2012 às 13:39  
Blogger oteudoceolhar disse...

Nilson,

"Viva o blogue...", AMEI!
Chega assim... "long live the king".

Beijo n´oteudoceolhar.

30 de maio de 2012 às 13:40  
Blogger oteudoceolhar disse...

Sonhadora,

"o blogue fez-me voltar a ser pessoa (estranho...mas verdadeiro)..."
LINDO!
Tu és uma pessoa, quiça essa pessoa anda esquecida de si mesma???
Pensa comigo...Não será assim?
Não andarias tu esquecida de seres SONHADORA, de acreditar em ti, nos teus sonhos, no teu eu?
Sabes, até no trabalho as pessoas acham-me um "bicho" estranho quando falo com tanto carinho do meu blog...as pessoas não entendem são "pequeninas" demais, e nós somos grandes quando o temos de ser, e não somos "vulgares" como os demais.
Alma e coração ... sempre, e em comunhão com as palavras.
Beijo n´oteudoceolhar.

30 de maio de 2012 às 13:42  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

} @media handheld { #wrap { width:90%; } #main-top { width:100%; background:#FFF3DB; } #main-bot { width:100%; background:#FFF3DB; } #main-content { width:100%; background:#FFF3DB; } } #inner-wrap { padding:0 50px; } #blog-header { margin-bottom:0px; } #blog-header h1 { margin:0; padding:0 0 6px 0; font-size:225%; font-weight:normal; color:#612E00; } #blog-header h1 a:link { text-decoration:none; } #blog-header h1 a:visited { text-decoration:none; } #blog-header h1 a:hover { border:0; text-decoration:none; } #blog-header p { margin:0; padding:0; font-style:italic; font-size:94%; line-height:1.5em; } div.clearer { clear:left; line-height:0; height:10px; margin-bottom:12px; _margin-top:-4px; /* IE Windows target */ background:url("") no-repeat bottom left; } @media all { #main { width:560px; float:left; padding:8px 0; margin-left:-40px; } #sidebar { width:240px; float:right; padding:8px 0; margin-left:-50px; } @media handheld { #main { width:100%; float:none; } #sidebar { width:100%; float:none; } } #footer { clear:both; background:url("") no-repeat top left; padding-top:10px; _padding-top:6px; /* IE Windows target */ } #footer p { line-height:1.5em; font-family:Verdana, sans-serif; font-size:75%; } /* Typography :: Main entry ----------------------------------------------- */ h2.date-header { font-weight:normal; text-transform:capitalize; text-align:right; letter-spacing:.1em; font-size:90%; margin:0; padding:0; } .post { text-align:center; margin:8px 0 24px 0; line-height:1.5em; } h3.post-title { font-weight:normal; text-align:center; font-size:140%; color:#da70cd; margin:0; padding:0; } .post-body p { text-align:center; margin:0 0 .6em 0; } .post-footer { font-family:Verdana, sans-serif; color:#da70cd; font-size:74%; border-top:0px solid #BFB186; padding-top:6px; } .post ul { margin:0; padding:0; } .post li { line-height:1.5em; list-style:none; background:url("") no-repeat 0px .3em; vertical-align:top; padding: 0 0 .6em 17px; margin:0; } /* Typography :: Sidebar ----------------------------------------------- */ h2.sidebar-title { font-weight:normal; font-size:120%; margin:0; padding:0; color:#da70cd; } h2.sidebar-title img { margin-bottom:-4px; } #sidebar ul { font-family:Verdana, sans-serif; font-size:86%; margin:6px 0 12px 0; padding:0; } #sidebar ul li { list-style: none; padding-bottom:6px; margin:0; } #sidebar p { text-align:center; font-family:Verdana,sans-serif; font-size:86%; margin:0 0 .6em 0; } /* Comments ----------------------------------------------- */ #comments {} #comments h4 { font-weight:normal; font-size:120%; color:#29303B; margin:0; padding:0; } #comments-block { line-height:1.5em; } .comment-poster { background:url("") no-repeat 2px .35em; margin:.5em 0 0; padding:0 0 0 20px; font-weight:bold; } .comment-body { margin:0; padding:0 0 0 20px; } .comment-body p { font-size:100%; margin:0 0 .2em 0; } .comment-timestamp { font-family:Verdana, sans-serif; color:#29303B; font-size:74%; margin:0 0 10px; padding:0 0 .75em 20px; } .comment-timestamp a:link { color:#473624; text-decoration:underline; } .comment-timestamp a:visited { color:#716E6C; text-decoration:underline; } .comment-timestamp a:hover { color:#956839; text-decoration:underline; } .comment-timestamp a:active { color:#956839; text-decoration:none; } .deleted-comment { font-style:italic; color:gray; } .paging-control-container { float: right; margin: 0px 6px 0px 0px; font-size: 80%; } .unneeded-paging-control { visibility: hidden; } /* Profile ----------------------------------------------- */ #profile-container { margin-top:12px; padding-top:12px; height:auto; background:url("") no-repeat top left; } .profile-datablock { margin:0 0 4px 0; } .profile-data { display:inline; margin:0; padding:0 8px 0 0; text-transform:uppercase; letter-spacing:.1em; font-size:90%; color:#211104; } .profile-img {display:inline;} .profile-img img { float:left; margin:0 8px 0 0; border:1px solid #A2907D; padding:2px; } .profile-textblock { font-family:Verdana, sans-serif;font-size:86%;margin:0;padding:0; } .profile-link { margin-top:5px; font-family:Verdana,sans-serif; font-size:86%; } /* Post photos ----------------------------------------------- */ img.post-photo { border:1px solid #A2907D; padding:4px; } /* Feeds ----------------------------------------------- */ #blogfeeds { } #postfeeds { padding:0 0 12px 20px; }

segunda-feira, 28 de maio de 2012





“Durante anos que hoje parecem ser uma eternidade, mantive “oteudoceolhar”, no sapo…
Hoje andava à procura de uns textos, para colocar no blogger…
Hoje andava à procura de pedacinhos do passado para colocar no presente…
Hoje, andava à procura das memórias do Carvoeiro,
para dar inicio ao desafio das “As amantes de verão”…
Hoje vi, hoje senti, hoje morreu parte de mim, d
a parte que deveria ter morrido, mas também parte da Parte que deveria manter…
Hoje vi o que felizmente está guardado a sete chaves…
O meu primeiro filho… “oteudoceolhar”, que teve inicio no sapo…foi apagado.
Felizmente copiados todos os textos, todos os comentários, todas as montagens… estão guardadas.
Mas ali apagado.
O que sinto?
Um misto…
Ainda bem que o servidor teve coragem de apagar o que simplesmente eu não tive…porque era tão meu.
Tenho a consciência de que é melhor assim, tenho consciência que um dia chegaria a hora e seria eu a apagar, tenho consciência de que por ventura nunca seria capaz.
Saudades?
Do passado, não!
Do passado da infância, do passado, das memórias de Maria aos 33 anos, … dos imensos comentários.
Das quase 90000 visitas, dos passatempos, que enchiam o meu tempo, que era cheio de um vazio, completado nas palavras, minhas e dos outros.
Ali encontrei um novo caminho até mim, o das palavras…
Ali naquele espaço, onde sei  que se via a mal amada, a que sofreu e sofria, de males e mazelas,
a sonhadora, a amiga, a miúda de ontem de hoje…
Quem fui, quem sou, quem um dia irei ser?
Quem sabe?
Nem Maria tao pouco, mas do pouco sabe muito e isso basta-lhe.
Teve um fim, ainda bem para mim!
Qual Fénix renascida…
Um novo inicio no fim, que se fez há pouco mais de um ano quando decidi mudar de servidor.
Decisão que adiei e adiei, porque não tinha como refazer o template, se não fosse a “Ana scoorpio”,
“oteudoceolhar”, não se manteria como eu sempre o vi, e senti…
Azul, com aquela mulher que tem o olhar para baixo, serena…
Longe, lá longe, que não mostra através do olhar o espelho que é a alma…

Tantos foram o que por lá passaram, poucos são os que se mantém.
Mas são os que se mantém ao meu lado que fazem o hoje.
O ontem está lá atrás no passado.
Com partes bem mais do que guardadas, na minha tão famosa caixa de Pandora,
também ela bem fechada a sete chaves, guardada bem no fundo de mim…
Chega!
Teve um fim.
Caminhemos juntos, vocês que se mantém aí, eu que firme me mantenho aqui.
Já diz o ditado “só está quem faz falta”… e todos vocês os que se mantém. Obrigada!
Aos que chegam de novo e voltam. Obrigada!
A mim…Obrigada!
Por me manter como fui, como sou, na esperança em  quem irei ser, um dia a cada dia...
Eu!”

Maria.

(Montagem é repetida, pois é...mas é esta que entendo tem de estar aqui, hoje)

Beijo n´oteudoceolhar.




13 Comentários:

Blogger Secreta disse...

Olá! COmo entendo o que sentes. Posso mesmo dizer-te que sinto cada uma destas palavras...
Também o meu primeiro blog foi eliminado, também eu não tinha tid coragem de o fazer...mas eis que um dia, deixei de conseguir lá entrar...não sei até se por um erro passageiro, ou porque foi definitivamente apagado...não sei! Não voltei a tentar entrar. E se por um lado sinto falta daquele cantinho, e fico tentada a voltar a tentar entrar lá, por outro, sinto que o melhor foi mesmo te-lo "perdido", te-lo deixado para trás, no passado, no lugar onde ele pertence. ACho que me entendes...
Por isso, vamos lá a viver o presente! De cabeça erguida e de olhos postos no futuro .
;)
Beijito.

28 de maio de 2012 às 15:51  
Blogger oteudoceolhar disse...

...e aí estás Tu.
E aí te mantens, este é um laço, a não desenlaçar...
E Tu sim eu sei que me entendes. Doi sim doi um pouco. Mas o que está lá para trás, está...Vivamos sim o presente de olhos bem postos lá à frente, no futuro.
Tu conheces-me desde o início, nós sabemos os quês e porquês porque estamos cá...
Bora lá viver o presente...
Dar vivas aos que cá estão, que os que partiram, desses não reza a história.
Obrigada (pelos outros comentários já lidos)
E sabes que mais???
Gosto-te!
MUITO!

Beijo n´oteudoceolhar*

28 de maio de 2012 às 16:00  
Blogger Impossible-not-fall disse...

Minha querida,

O que foi lá atrás, fica lá atrás!!

Ao contrario de ti, eu gosto de entrar no meu passado, pois também tive momentos muitos doces lá, talvez os amargos foram mais sentidos, mas os doces fazem-me ter força para o aqui o agora...

Beijinho

28 de maio de 2012 às 16:32  
Blogger oteudoceolhar disse...

Impossible,

eu sempre que quero entro no passado, que sim óbvio também tenho bons momentos, nem tudo é mau. Mas se tivesses conhecido o outro oteudoceolhar, ias encontrar uma pessoa completamente diferente, bem aqui no inicio essa pessoa também cá estava ao inicio...
Foi melhor assim...vamos para a frente, caminhando pé ante pé...caminhando. Mantendo os laços bons que nos atam...

Beijo grande n´oteudoceolhar.
(vou visitar-te)

28 de maio de 2012 às 16:42  
Blogger Turista disse...

Olá, eu sou a Manuela, o outro elemento do "staff" do desafio "As Amantes do Verão" e como ainda não tinha tido oportunidade de vir conhecer o teu cantinho, aqui estou eu.
Obrigada pela tua adesão ao nosso desafio e espero que te divirtas muito! :)
Beijinhos.

28 de maio de 2012 às 21:30  
Blogger Flor de Jasmim disse...

Maria querida
Ninguém pode alterar o passado, mas sim aprendermos aviver com ele!Esta é a minha melhor forma que encontrei após o cancro ceifar a vida do meu marido e um virus apanhado no hospital ceifar a do meu netinho com 6 meses.
Olhar o passado por vezes é bom, recordações sejam boas ou não existem, as saudades essas só das coisas boas.
Nada melhor que viver um dia de cada vez caminhando de rosto levantado e poderemos dizer "eu sou a Maria", pois é Maria somos duas.
Força querida
Boa semana

Beijinho e uma flor

28 de maio de 2012 às 22:18  
Blogger Nilson Barcelli disse...

O blogue morreu?
Viva o blogue...
Beijo, querida amiga.

29 de maio de 2012 às 21:24  
Blogger Sonhadora disse...

Minha querida

Ficam saudades, eu não passei por isso, mas deve ser triste, para mim também o blogue e as pessoas que fui encontrando já fazem parte da minha vida.
o blogue fez-me voltar a ser pessoa (estranho...mas verdadeiro) e tenho medo de um dia ficar sem ele, tem um pedaço de mim.
Mas minha querida...o futuro é hoje e o passado são recordações uma boas outras menos.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

30 de maio de 2012 às 03:29  
Blogger PauloSilva disse...

Só realmente está quem faz falta, relembremos disso. E o mar também vai, mas volta. E a única certeza que temos, é a certeza que ele nunca nos abandona realmente. E porque as nossas conversas sempre começam ou abrangem o mar? De braços abertos num abraço.
E não vamos esquecer que a Fénix renasce das próprias cinzas. Seremos assim? Claro que sim! Depois da explosão renascem os sentimentos, o sentir.
E o importante, minha querida tia, é encontrar sempre o caminho, o lugar por onde voltar ou por onde partir.
Tudo tem um fim, mas nós é que decidimos como o colocar. Não é assim?
Um grande abraço. Tão grande...

30 de maio de 2012 às 12:15  
Blogger oteudoceolhar disse...

…e o sobrinho mais querido de sua tia está, e faz muito bem, porque muito me honra a tua presença Pensador.
Estás aì e aí te peço para te manteres.
Não o Mar nunca nos abandona, e sabes porquê?
Sendo ele força maior, também ele é força motora do nosso sentir… e eu olho o nosso Mar, e vejo alguém lá parado a comtemplar o meu Mar, o meu doce Mar. Ele olhou o meu Mar, como eu o olho…sonhadoramente falando.
A mente fica a li presa, o tempo não anda e pára…o Tic! Tac! Do relógio ganha outro som, ou simplesmente, não anda…apenas é movido pelo bater do coração, e esse Pensador, bate, ele bate mesmo. E eu que um dia o dei como morto…ele bate!
Tudo tem um fim…sábias são as palavras do Pensador, essas são sem dúvida sábias, porque o Pensador, sendo um homem do amanhã aprende no hoje…que é o aqui e agora.
O caminho é em frente, não tem nada que enganar nem saber.
Caminhemos, porque no fim iremos acabar por ir de encontro com o Mar.
Assim se inicia, assim termina, o Mar…ao Mar!
Como alguém um dia me disse “Olha estás a ver o Mar? Foi ali que ela começou, a vida…”
Nem mais.
Beijo n´oteudoceolhar.

30 de maio de 2012 às 13:13  
Blogger oteudoceolhar disse...

Minha Flor,

muito bem dito...vivendo um dia de cada vez...hoje, o sol já vai alto, o seu calor faz-se sentir...vamos então sentir, o calor do sol no nosso coração, vamos procurar aquecer a alma, o brilho de um sorriso no lábios e esse "eu sou a Maria", tem muito que se lhe diga...acredita!
E sim eu sou a Maria.
Vamos...pé ante pé...vamos lá caminhar.
Força!
Beijo n´oteudoceolhar.

30 de maio de 2012 às 13:39  
Blogger oteudoceolhar disse...

Nilson,

"Viva o blogue...", AMEI!
Chega assim... "long live the king".

Beijo n´oteudoceolhar.

30 de maio de 2012 às 13:40  
Blogger oteudoceolhar disse...

Sonhadora,

"o blogue fez-me voltar a ser pessoa (estranho...mas verdadeiro)..."
LINDO!
Tu és uma pessoa, quiça essa pessoa anda esquecida de si mesma???
Pensa comigo...Não será assim?
Não andarias tu esquecida de seres SONHADORA, de acreditar em ti, nos teus sonhos, no teu eu?
Sabes, até no trabalho as pessoas acham-me um "bicho" estranho quando falo com tanto carinho do meu blog...as pessoas não entendem são "pequeninas" demais, e nós somos grandes quando o temos de ser, e não somos "vulgares" como os demais.
Alma e coração ... sempre, e em comunhão com as palavras.
Beijo n´oteudoceolhar.

30 de maio de 2012 às 13:42  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial