! !

sábado, 31 de março de 2012

... "De que são Feitos os Sonhos ? "... (Segunda Parte)





“ Entre o Rio e o Mar … a Arte de Amar”

Comum a qualquer ser está a necessidade constante de Amar.
Fazê-lo como e de que forma?
Aí reside um de vários factores.
Aí reside a ânsia do “Ser” na procura no encontrar.
O caminho que faço diariamente leva-me ao Rio,
a fazer como costumo dizer um cruzeiro pelo Tejo todos os dias.
Nasci na capital...trabalho na capital vai para 12 dos meus 38 anos.
No entanto, o elemento senhor dos meus encantos é o Mar.
Como é possível não ver, não sentir, não respirar, não “viver” o Mar? Como?
Não sei!
Pelo menos para mim é a força maior que a mãe de todos nós nos deu.
Na arte, na minha aquela que “professo”,
por vezes e numa espécie de exorcismo, a ânsia é uma.
Amar a arte num olhar.
Olhamos “clikamos”,
fica o momento, fica o registo, não haverá outro “click” igual.
Desde quando é que isso acontece?
Não sei!
Há quanto tempo gosto e faço fotografia?
Tem de haver um tempo?
Não há… assim entendo.
Entendo que tem de haver algo muito próprio a cada fotógrafo,
uma forma de ser, de estar,
que em tudo pode ser diferente, mas que no fim o que fica?
O Amor à Arte.
Sendo eu caranguejo o meu elemento é de facto a água.
Se juntarmos à água, a “minha” Costa Vicentina, tanto melhor.
De todos os mundos de aquém e além Mar,
aquele mundo é o “meu”,
e é por lá que não me canso de criar e recriar aquele Alentejo,
único como por Amor é qualquer lugar que nos cativa a mente.
E é aqui que a cidade que me acolhe desde sempre também ajuda.
Uma cidade feita de história e que fica na história, na história do nosso país.
O encanto faz-se pelos cantos e recantos, de outrora visíveis ainda hoje.
Como tal creio que o que de bom tem dois mundos tão “distantes”
e tão próximos, levaram a que considera-se
o nome desta exposição, adequado à minha pessoa.
“Entre o Rio e o Mar… a arte de Amar”.

Maria Ferreira

Beijo n´oteudoceolhar

(De que são feitos os sonhos? De Nós! Do Eu...Tu, do Eles...Mas sem dúvida alguma do Nós!
Daí partilhar com todos vós, que sois ... o Eu, o Tu, o Nós, Vós...Eles, que aí desse lado acompanham,
os sonhos do Eu aqui deste lado...
Lamento, e não tomem como o querer ser mais...
Até porque os que me conhecem sabem que não se trata de nada disso...
sou e mantenho-me igual.
Apenas a partilha de quem ainda quer estar a viver este sonho,
ainda assim, já preparada para...
quem sabe, um novo sonho...
"Sonhar é bom, e ter com quem sonhar é bem melhor".
Em breve esta frase fará ainda mais sentido...
Este "rabisco", foi a forma como desenhei o meu currículo,
foi-me pedido, e claro, defendo-me com o signo...
tinha de ser algo bem ao meu género...
Eram para ser três textos, mas estou em crer, que desta vez falho na matemática...)

11 Comentários:

Blogger Moonlight disse...

Linda Maria,

Que beleza!Que encanto!Que pena eu tenho de já nao ir a tempo....
Certamente maravilhosamente belo o seu trabalho,pois o titulo nao poderia ser melhor.
Sinceramente nem consigo expressar totalmente aquilo que senti ao ler as tuas palavras e em meu pensamento visualizar...
Lindo minha amiga,mas para a proxima me avise mais cedo eu adoraria ter visitado essa exposiçao.
Decerto foi um sucesso bem merecido!

Bjinho cheio de luar

31 de março de 2012 às 22:36  
Blogger Braulio Pereira disse...

como é lindo sentir teu calor tua ternura. como entendes meu olhar adorei tua visita.

vou ter saudades tuas. vou até Alenquer descansar no campo..


se feliz. cuida-te


beijos.

1 de abril de 2012 às 14:11  
Blogger PauloSilva disse...

«"Sonhar é bom, e ter com quem sonhar é bem melhor".» Que mais posso dizer, Maria?

Há quanto tempo amamos nós se não desde sempre?

Um grande abraço, e um beijinho, querida Tia.

1 de abril de 2012 às 20:09  
Blogger oteudoceolhar disse...

Moonlight,

Faremos assim, vamos pensar que tudo agora começou, e que num dia próximo, num tempo que virá, quem sabe…porque não numa próxima vez estares presente?
Agora foi assim, correu e decorreu, como não poderia sonhar de outra forma…lágrimas suor, risos, sorrisos e muito amor pelos que estiveram comigo…porque todos, mas todos aqueles que eram parte deste sonho iniciado no ano passado estiveram lá, só não esteve quem não tinha de estar, e outros que por erro meu também afastei (amigas/os, mas depois pensar, serão mesmo amigos/as?)…sabes que mais, não vou dar-me ao trabalho de pensar. Quem eu desejei, ver, ter, ao meu lado tive…e NUNCA em tempo algum esquecerei, gestos, olhares, reacções…nós podemos dar-nos a esse luxo, somos caranguejo verdade?
Serei sempre a mesma … faltam, mais duas partes, depois minha amiga, o caminho é feito como nunca antes…em frente, uns dias sorrindo outros os dias chorando, mas sempre lutando.
Obrigada.
Beijo n´oteudoceolhar.

2 de abril de 2012 às 00:18  
Blogger oteudoceolhar disse...

Braulio,
Quando se tem a alma um pouco “poeta”, um pouco…quando se procura entender, viver o Amor, pelas palavras, eu entendo…a realidade por vezes é demasiado “dura”, e a alma de um poeta transporta-nos por muito simples que sejam as palavras, a mundos, onde também nós amamos… Saudades minhas? Tive um dia, um dia tive saudades minhas, hoje como me tenho, e me vejo todos os dias, tem dias, poucos em que sinto saudades, do que ainda está para vir, não do que passou. Tu vais descansar e terás tantas saudades minhas como de todas as outras , amigas, que entendem, as palavras tal como eu…Descansa, que eu vou procurar fazer e mesmo e sim…obrigado, vou cuidar-me e procurar passo a passo ser feliz, a cada dia que passa.
Beijo n´oteudoceolhar.

2 de abril de 2012 às 00:23  
Blogger oteudoceolhar disse...

Pensador,
As tuas palavras deixam-me a olhar…verdade, a tia a olhar as palavras de seu sobrinho…
Não digas nada, que até eu fico sem palavras….por vezes para quê grandes testamentos, verdade?
Desde sempre e para todo o sempre…nós somos aqueles que não escondem, o Amor. Não temos vergonha de o “cantar”, de encantar, como os nossos pequenos, grandes momentos, existentes, inexistentes…os laços de Amor…
Acreditas que não me importo que me tomem por “tonta”…posso escrevê-lo, sem ser julgada, posso lê-lo sem que me julguem…e é bom termos consciência de que o fazemos, porquê?
Por Amor ao Amor…agora tomem e entenda quem quiser a palavra á sua maneira, a mim basta-me conjugar o verbo no seu todo…e isso não se basta a laços homem/mulher…Amor é?
Sonhar, e ter com quem sonhar, é muito muito bom…

Beijo ao meu sobrinho mais querido nesse teudoceolhar.

2 de abril de 2012 às 00:28  
Blogger Nilson Barcelli disse...

Parabéns pelo texto.
É excelente.
Querida amiga, tem uma boa semana.
Beijos.

2 de abril de 2012 às 20:48  
Blogger oteudoceolhar disse...

Nilson,

o texto foi a realidade e se o consideras excelente...que posso eu dizer? Foi de facto excelente no seu todo.

E voçês também são um pouco de um sonho vivido...
Obrigado, beijo n´oteudoceolhar *

2 de abril de 2012 às 21:01  
Blogger mundoacores disse...

ohhh que pena que só vi agora. Era bem pertinho do meu trabalho. ;)

3 de abril de 2012 às 10:40  
Blogger Secreta disse...

O Sonho...o teu, e por isso tão especial! O Sonho que se tornou real, e que por entre lágrimas e risos te fez , te faz, feliz!
Os Sonhos podem e devem ser perseguidos, sempre. Pois é deles que tantas vezes alimentamos a vida.
E agora que esse Sonho se tornou real, há mais espaço em ti, para sonhares outros sonhos e seguires em busca de os realizares.
És uma pessoa encantadora, Maria.

Gosto-te!!!

Um beijito.
Tem uma boa Páscoa, se for o caso de a celebrares. Eu vou tirar uns diazitos para descansar...

--«--@

5 de abril de 2012 às 11:34  
Blogger Flor de Jasmim disse...

Maria minha querida amiga
O sonho é algo de muito valor para mim, pois eu preciso continuar a sonhar como amar, e o amor é uma palavra que não tem o mesmo significadao para todo o mundo.
Amor para mim é por e simplesmente AMOR, aquele que nos dá momentos de felicidadealento, mas também de tristeza, mas é o amor que me faz viver.
Força minha amiga

Beijinho e uma flor

6 de abril de 2012 às 22:10  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

} @media handheld { #wrap { width:90%; } #main-top { width:100%; background:#FFF3DB; } #main-bot { width:100%; background:#FFF3DB; } #main-content { width:100%; background:#FFF3DB; } } #inner-wrap { padding:0 50px; } #blog-header { margin-bottom:0px; } #blog-header h1 { margin:0; padding:0 0 6px 0; font-size:225%; font-weight:normal; color:#612E00; } #blog-header h1 a:link { text-decoration:none; } #blog-header h1 a:visited { text-decoration:none; } #blog-header h1 a:hover { border:0; text-decoration:none; } #blog-header p { margin:0; padding:0; font-style:italic; font-size:94%; line-height:1.5em; } div.clearer { clear:left; line-height:0; height:10px; margin-bottom:12px; _margin-top:-4px; /* IE Windows target */ background:url("") no-repeat bottom left; } @media all { #main { width:560px; float:left; padding:8px 0; margin-left:-40px; } #sidebar { width:240px; float:right; padding:8px 0; margin-left:-50px; } @media handheld { #main { width:100%; float:none; } #sidebar { width:100%; float:none; } } #footer { clear:both; background:url("") no-repeat top left; padding-top:10px; _padding-top:6px; /* IE Windows target */ } #footer p { line-height:1.5em; font-family:Verdana, sans-serif; font-size:75%; } /* Typography :: Main entry ----------------------------------------------- */ h2.date-header { font-weight:normal; text-transform:capitalize; text-align:right; letter-spacing:.1em; font-size:90%; margin:0; padding:0; } .post { text-align:center; margin:8px 0 24px 0; line-height:1.5em; } h3.post-title { font-weight:normal; text-align:center; font-size:140%; color:#da70cd; margin:0; padding:0; } .post-body p { text-align:center; margin:0 0 .6em 0; } .post-footer { font-family:Verdana, sans-serif; color:#da70cd; font-size:74%; border-top:0px solid #BFB186; padding-top:6px; } .post ul { margin:0; padding:0; } .post li { line-height:1.5em; list-style:none; background:url("") no-repeat 0px .3em; vertical-align:top; padding: 0 0 .6em 17px; margin:0; } /* Typography :: Sidebar ----------------------------------------------- */ h2.sidebar-title { font-weight:normal; font-size:120%; margin:0; padding:0; color:#da70cd; } h2.sidebar-title img { margin-bottom:-4px; } #sidebar ul { font-family:Verdana, sans-serif; font-size:86%; margin:6px 0 12px 0; padding:0; } #sidebar ul li { list-style: none; padding-bottom:6px; margin:0; } #sidebar p { text-align:center; font-family:Verdana,sans-serif; font-size:86%; margin:0 0 .6em 0; } /* Comments ----------------------------------------------- */ #comments {} #comments h4 { font-weight:normal; font-size:120%; color:#29303B; margin:0; padding:0; } #comments-block { line-height:1.5em; } .comment-poster { background:url("") no-repeat 2px .35em; margin:.5em 0 0; padding:0 0 0 20px; font-weight:bold; } .comment-body { margin:0; padding:0 0 0 20px; } .comment-body p { font-size:100%; margin:0 0 .2em 0; } .comment-timestamp { font-family:Verdana, sans-serif; color:#29303B; font-size:74%; margin:0 0 10px; padding:0 0 .75em 20px; } .comment-timestamp a:link { color:#473624; text-decoration:underline; } .comment-timestamp a:visited { color:#716E6C; text-decoration:underline; } .comment-timestamp a:hover { color:#956839; text-decoration:underline; } .comment-timestamp a:active { color:#956839; text-decoration:none; } .deleted-comment { font-style:italic; color:gray; } .paging-control-container { float: right; margin: 0px 6px 0px 0px; font-size: 80%; } .unneeded-paging-control { visibility: hidden; } /* Profile ----------------------------------------------- */ #profile-container { margin-top:12px; padding-top:12px; height:auto; background:url("") no-repeat top left; } .profile-datablock { margin:0 0 4px 0; } .profile-data { display:inline; margin:0; padding:0 8px 0 0; text-transform:uppercase; letter-spacing:.1em; font-size:90%; color:#211104; } .profile-img {display:inline;} .profile-img img { float:left; margin:0 8px 0 0; border:1px solid #A2907D; padding:2px; } .profile-textblock { font-family:Verdana, sans-serif;font-size:86%;margin:0;padding:0; } .profile-link { margin-top:5px; font-family:Verdana,sans-serif; font-size:86%; } /* Post photos ----------------------------------------------- */ img.post-photo { border:1px solid #A2907D; padding:4px; } /* Feeds ----------------------------------------------- */ #blogfeeds { } #postfeeds { padding:0 0 12px 20px; }

sábado, 31 de março de 2012

... "De que são Feitos os Sonhos ? "... (Segunda Parte)





“ Entre o Rio e o Mar … a Arte de Amar”

Comum a qualquer ser está a necessidade constante de Amar.
Fazê-lo como e de que forma?
Aí reside um de vários factores.
Aí reside a ânsia do “Ser” na procura no encontrar.
O caminho que faço diariamente leva-me ao Rio,
a fazer como costumo dizer um cruzeiro pelo Tejo todos os dias.
Nasci na capital...trabalho na capital vai para 12 dos meus 38 anos.
No entanto, o elemento senhor dos meus encantos é o Mar.
Como é possível não ver, não sentir, não respirar, não “viver” o Mar? Como?
Não sei!
Pelo menos para mim é a força maior que a mãe de todos nós nos deu.
Na arte, na minha aquela que “professo”,
por vezes e numa espécie de exorcismo, a ânsia é uma.
Amar a arte num olhar.
Olhamos “clikamos”,
fica o momento, fica o registo, não haverá outro “click” igual.
Desde quando é que isso acontece?
Não sei!
Há quanto tempo gosto e faço fotografia?
Tem de haver um tempo?
Não há… assim entendo.
Entendo que tem de haver algo muito próprio a cada fotógrafo,
uma forma de ser, de estar,
que em tudo pode ser diferente, mas que no fim o que fica?
O Amor à Arte.
Sendo eu caranguejo o meu elemento é de facto a água.
Se juntarmos à água, a “minha” Costa Vicentina, tanto melhor.
De todos os mundos de aquém e além Mar,
aquele mundo é o “meu”,
e é por lá que não me canso de criar e recriar aquele Alentejo,
único como por Amor é qualquer lugar que nos cativa a mente.
E é aqui que a cidade que me acolhe desde sempre também ajuda.
Uma cidade feita de história e que fica na história, na história do nosso país.
O encanto faz-se pelos cantos e recantos, de outrora visíveis ainda hoje.
Como tal creio que o que de bom tem dois mundos tão “distantes”
e tão próximos, levaram a que considera-se
o nome desta exposição, adequado à minha pessoa.
“Entre o Rio e o Mar… a arte de Amar”.

Maria Ferreira

Beijo n´oteudoceolhar

(De que são feitos os sonhos? De Nós! Do Eu...Tu, do Eles...Mas sem dúvida alguma do Nós!
Daí partilhar com todos vós, que sois ... o Eu, o Tu, o Nós, Vós...Eles, que aí desse lado acompanham,
os sonhos do Eu aqui deste lado...
Lamento, e não tomem como o querer ser mais...
Até porque os que me conhecem sabem que não se trata de nada disso...
sou e mantenho-me igual.
Apenas a partilha de quem ainda quer estar a viver este sonho,
ainda assim, já preparada para...
quem sabe, um novo sonho...
"Sonhar é bom, e ter com quem sonhar é bem melhor".
Em breve esta frase fará ainda mais sentido...
Este "rabisco", foi a forma como desenhei o meu currículo,
foi-me pedido, e claro, defendo-me com o signo...
tinha de ser algo bem ao meu género...
Eram para ser três textos, mas estou em crer, que desta vez falho na matemática...)

11 Comentários:

Blogger Moonlight disse...

Linda Maria,

Que beleza!Que encanto!Que pena eu tenho de já nao ir a tempo....
Certamente maravilhosamente belo o seu trabalho,pois o titulo nao poderia ser melhor.
Sinceramente nem consigo expressar totalmente aquilo que senti ao ler as tuas palavras e em meu pensamento visualizar...
Lindo minha amiga,mas para a proxima me avise mais cedo eu adoraria ter visitado essa exposiçao.
Decerto foi um sucesso bem merecido!

Bjinho cheio de luar

31 de março de 2012 às 22:36  
Blogger Braulio Pereira disse...

como é lindo sentir teu calor tua ternura. como entendes meu olhar adorei tua visita.

vou ter saudades tuas. vou até Alenquer descansar no campo..


se feliz. cuida-te


beijos.

1 de abril de 2012 às 14:11  
Blogger PauloSilva disse...

«"Sonhar é bom, e ter com quem sonhar é bem melhor".» Que mais posso dizer, Maria?

Há quanto tempo amamos nós se não desde sempre?

Um grande abraço, e um beijinho, querida Tia.

1 de abril de 2012 às 20:09  
Blogger oteudoceolhar disse...

Moonlight,

Faremos assim, vamos pensar que tudo agora começou, e que num dia próximo, num tempo que virá, quem sabe…porque não numa próxima vez estares presente?
Agora foi assim, correu e decorreu, como não poderia sonhar de outra forma…lágrimas suor, risos, sorrisos e muito amor pelos que estiveram comigo…porque todos, mas todos aqueles que eram parte deste sonho iniciado no ano passado estiveram lá, só não esteve quem não tinha de estar, e outros que por erro meu também afastei (amigas/os, mas depois pensar, serão mesmo amigos/as?)…sabes que mais, não vou dar-me ao trabalho de pensar. Quem eu desejei, ver, ter, ao meu lado tive…e NUNCA em tempo algum esquecerei, gestos, olhares, reacções…nós podemos dar-nos a esse luxo, somos caranguejo verdade?
Serei sempre a mesma … faltam, mais duas partes, depois minha amiga, o caminho é feito como nunca antes…em frente, uns dias sorrindo outros os dias chorando, mas sempre lutando.
Obrigada.
Beijo n´oteudoceolhar.

2 de abril de 2012 às 00:18  
Blogger oteudoceolhar disse...

Braulio,
Quando se tem a alma um pouco “poeta”, um pouco…quando se procura entender, viver o Amor, pelas palavras, eu entendo…a realidade por vezes é demasiado “dura”, e a alma de um poeta transporta-nos por muito simples que sejam as palavras, a mundos, onde também nós amamos… Saudades minhas? Tive um dia, um dia tive saudades minhas, hoje como me tenho, e me vejo todos os dias, tem dias, poucos em que sinto saudades, do que ainda está para vir, não do que passou. Tu vais descansar e terás tantas saudades minhas como de todas as outras , amigas, que entendem, as palavras tal como eu…Descansa, que eu vou procurar fazer e mesmo e sim…obrigado, vou cuidar-me e procurar passo a passo ser feliz, a cada dia que passa.
Beijo n´oteudoceolhar.

2 de abril de 2012 às 00:23  
Blogger oteudoceolhar disse...

Pensador,
As tuas palavras deixam-me a olhar…verdade, a tia a olhar as palavras de seu sobrinho…
Não digas nada, que até eu fico sem palavras….por vezes para quê grandes testamentos, verdade?
Desde sempre e para todo o sempre…nós somos aqueles que não escondem, o Amor. Não temos vergonha de o “cantar”, de encantar, como os nossos pequenos, grandes momentos, existentes, inexistentes…os laços de Amor…
Acreditas que não me importo que me tomem por “tonta”…posso escrevê-lo, sem ser julgada, posso lê-lo sem que me julguem…e é bom termos consciência de que o fazemos, porquê?
Por Amor ao Amor…agora tomem e entenda quem quiser a palavra á sua maneira, a mim basta-me conjugar o verbo no seu todo…e isso não se basta a laços homem/mulher…Amor é?
Sonhar, e ter com quem sonhar, é muito muito bom…

Beijo ao meu sobrinho mais querido nesse teudoceolhar.

2 de abril de 2012 às 00:28  
Blogger Nilson Barcelli disse...

Parabéns pelo texto.
É excelente.
Querida amiga, tem uma boa semana.
Beijos.

2 de abril de 2012 às 20:48  
Blogger oteudoceolhar disse...

Nilson,

o texto foi a realidade e se o consideras excelente...que posso eu dizer? Foi de facto excelente no seu todo.

E voçês também são um pouco de um sonho vivido...
Obrigado, beijo n´oteudoceolhar *

2 de abril de 2012 às 21:01  
Blogger mundoacores disse...

ohhh que pena que só vi agora. Era bem pertinho do meu trabalho. ;)

3 de abril de 2012 às 10:40  
Blogger Secreta disse...

O Sonho...o teu, e por isso tão especial! O Sonho que se tornou real, e que por entre lágrimas e risos te fez , te faz, feliz!
Os Sonhos podem e devem ser perseguidos, sempre. Pois é deles que tantas vezes alimentamos a vida.
E agora que esse Sonho se tornou real, há mais espaço em ti, para sonhares outros sonhos e seguires em busca de os realizares.
És uma pessoa encantadora, Maria.

Gosto-te!!!

Um beijito.
Tem uma boa Páscoa, se for o caso de a celebrares. Eu vou tirar uns diazitos para descansar...

--«--@

5 de abril de 2012 às 11:34  
Blogger Flor de Jasmim disse...

Maria minha querida amiga
O sonho é algo de muito valor para mim, pois eu preciso continuar a sonhar como amar, e o amor é uma palavra que não tem o mesmo significadao para todo o mundo.
Amor para mim é por e simplesmente AMOR, aquele que nos dá momentos de felicidadealento, mas também de tristeza, mas é o amor que me faz viver.
Força minha amiga

Beijinho e uma flor

6 de abril de 2012 às 22:10  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial