! !

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

... " Na partida como na chegada " ...


"Tem saudades minhas.
Tem!
Que eu levo saudades tuas.
Levo!
E parto sem querer partir.
E tu ficas sem me querer ver partir.
Fica com as saudades tuas, que eu levo as saudades minhas.
As que levo e as que trago, na volta da chegada.
Porque eu parto sem vontade de partir, e olho-te num olhar onde está escrito…
-Não vás!
Mas eu tenho de ir, e tu tens de ficar.
Ir, ficar.
Na partida como na chegada, o cais será o mesmo, o de embarque, onde desembarco.
Porque eu volto, e na volta da partida, estará escrito nesse olhar.
-Voltaste!
E eu dir-te-ei.
-Eu nunca deixo o lugar de onde parti".

Maria.
(12-01-2012 - Proíbida cópia parcial ou integral).
Beijo n´oteudoceolhar.

5 Comentários:

Blogger Flor de Jasmim disse...

Maria minha querida

Saudade, partir e ficar algo que dói, aqui partes mas deixas teu coração, isso será o não chegar a partir, mas a dor fica, não parte.

Lindo demais!

Beijinho e uma flor

1 de fevereiro de 2012 às 16:02  
Blogger PauloSilva disse...

E fantástico regresso será esse de onde nunca se partiu verdadeiramente! Absolutamente palavras mágicas, um ir mas não partir. Um ficar mas não estar. Enfim. Sem palavras!

(Só um pequeno erro "e olho-te num olhar onde está ESCRIRO) Só isso, Maria.

Continuação desta bela e inovadora inspiração. Abraço.

1 de fevereiro de 2012 às 16:19  
Blogger oteudoceolhar disse...

Minha Flor,

Esta saudade, por vezes doi, por vezes “moi”, por vezes e tantas são as vezes, alimenta, dá vida…por isso está intacto o coração, não se parte, apenas bate.

Obrigada minha querida.

Beijo n´oteudoceolhar.

1 de fevereiro de 2012 às 17:43  
Blogger oteudoceolhar disse...

Pensador,

Eu nunca deixo o lugar de onde parti, porque simplesmente não tenho de partir. Eu fico, onde estou, como estou … aqui.
Sabes só quando parto?
Quando vou para esse mundo aí do outro lado, aí para esse Mar, para o meu mundo, tão particular, e mesmo assim, nem daí eu parto, como nem aí eu fico (pelo menos para já). Um dia alguém me disse que eu tinha o coração grande…Talvez, talvez seja isso, que me leva a conseguir, estar, ficar, sem nunca partir.
Uma última palavra …Confiança. Essa também nos leva a ficar, e não partir…

Beijo n´oteudoceolhar.

(Obrigado pela chamada de atenção…corrigido o erro).

1 de fevereiro de 2012 às 18:20  
Blogger Moonlight disse...

Olá!

Lindoooo!
As nossas saudades...as nossas ausencias...as nossas partidas e o nosso estar sempre num lugar qualquer sem nunca o deixar....só poderia ser mesmo um ser Caranguejo!!!
Adorei!Obrigada pela sua linda visita,volte sempre que quiser e se sinta em casa.Eu ficarei muito feliz.Aqui eu voltarei sempre que me for possivél com um prazer enorme.

Bjinho cheio de luar

1 de fevereiro de 2012 às 21:22  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

} @media handheld { #wrap { width:90%; } #main-top { width:100%; background:#FFF3DB; } #main-bot { width:100%; background:#FFF3DB; } #main-content { width:100%; background:#FFF3DB; } } #inner-wrap { padding:0 50px; } #blog-header { margin-bottom:0px; } #blog-header h1 { margin:0; padding:0 0 6px 0; font-size:225%; font-weight:normal; color:#612E00; } #blog-header h1 a:link { text-decoration:none; } #blog-header h1 a:visited { text-decoration:none; } #blog-header h1 a:hover { border:0; text-decoration:none; } #blog-header p { margin:0; padding:0; font-style:italic; font-size:94%; line-height:1.5em; } div.clearer { clear:left; line-height:0; height:10px; margin-bottom:12px; _margin-top:-4px; /* IE Windows target */ background:url("") no-repeat bottom left; } @media all { #main { width:560px; float:left; padding:8px 0; margin-left:-40px; } #sidebar { width:240px; float:right; padding:8px 0; margin-left:-50px; } @media handheld { #main { width:100%; float:none; } #sidebar { width:100%; float:none; } } #footer { clear:both; background:url("") no-repeat top left; padding-top:10px; _padding-top:6px; /* IE Windows target */ } #footer p { line-height:1.5em; font-family:Verdana, sans-serif; font-size:75%; } /* Typography :: Main entry ----------------------------------------------- */ h2.date-header { font-weight:normal; text-transform:capitalize; text-align:right; letter-spacing:.1em; font-size:90%; margin:0; padding:0; } .post { text-align:center; margin:8px 0 24px 0; line-height:1.5em; } h3.post-title { font-weight:normal; text-align:center; font-size:140%; color:#da70cd; margin:0; padding:0; } .post-body p { text-align:center; margin:0 0 .6em 0; } .post-footer { font-family:Verdana, sans-serif; color:#da70cd; font-size:74%; border-top:0px solid #BFB186; padding-top:6px; } .post ul { margin:0; padding:0; } .post li { line-height:1.5em; list-style:none; background:url("") no-repeat 0px .3em; vertical-align:top; padding: 0 0 .6em 17px; margin:0; } /* Typography :: Sidebar ----------------------------------------------- */ h2.sidebar-title { font-weight:normal; font-size:120%; margin:0; padding:0; color:#da70cd; } h2.sidebar-title img { margin-bottom:-4px; } #sidebar ul { font-family:Verdana, sans-serif; font-size:86%; margin:6px 0 12px 0; padding:0; } #sidebar ul li { list-style: none; padding-bottom:6px; margin:0; } #sidebar p { text-align:center; font-family:Verdana,sans-serif; font-size:86%; margin:0 0 .6em 0; } /* Comments ----------------------------------------------- */ #comments {} #comments h4 { font-weight:normal; font-size:120%; color:#29303B; margin:0; padding:0; } #comments-block { line-height:1.5em; } .comment-poster { background:url("") no-repeat 2px .35em; margin:.5em 0 0; padding:0 0 0 20px; font-weight:bold; } .comment-body { margin:0; padding:0 0 0 20px; } .comment-body p { font-size:100%; margin:0 0 .2em 0; } .comment-timestamp { font-family:Verdana, sans-serif; color:#29303B; font-size:74%; margin:0 0 10px; padding:0 0 .75em 20px; } .comment-timestamp a:link { color:#473624; text-decoration:underline; } .comment-timestamp a:visited { color:#716E6C; text-decoration:underline; } .comment-timestamp a:hover { color:#956839; text-decoration:underline; } .comment-timestamp a:active { color:#956839; text-decoration:none; } .deleted-comment { font-style:italic; color:gray; } .paging-control-container { float: right; margin: 0px 6px 0px 0px; font-size: 80%; } .unneeded-paging-control { visibility: hidden; } /* Profile ----------------------------------------------- */ #profile-container { margin-top:12px; padding-top:12px; height:auto; background:url("") no-repeat top left; } .profile-datablock { margin:0 0 4px 0; } .profile-data { display:inline; margin:0; padding:0 8px 0 0; text-transform:uppercase; letter-spacing:.1em; font-size:90%; color:#211104; } .profile-img {display:inline;} .profile-img img { float:left; margin:0 8px 0 0; border:1px solid #A2907D; padding:2px; } .profile-textblock { font-family:Verdana, sans-serif;font-size:86%;margin:0;padding:0; } .profile-link { margin-top:5px; font-family:Verdana,sans-serif; font-size:86%; } /* Post photos ----------------------------------------------- */ img.post-photo { border:1px solid #A2907D; padding:4px; } /* Feeds ----------------------------------------------- */ #blogfeeds { } #postfeeds { padding:0 0 12px 20px; }

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

... " Na partida como na chegada " ...


"Tem saudades minhas.
Tem!
Que eu levo saudades tuas.
Levo!
E parto sem querer partir.
E tu ficas sem me querer ver partir.
Fica com as saudades tuas, que eu levo as saudades minhas.
As que levo e as que trago, na volta da chegada.
Porque eu parto sem vontade de partir, e olho-te num olhar onde está escrito…
-Não vás!
Mas eu tenho de ir, e tu tens de ficar.
Ir, ficar.
Na partida como na chegada, o cais será o mesmo, o de embarque, onde desembarco.
Porque eu volto, e na volta da partida, estará escrito nesse olhar.
-Voltaste!
E eu dir-te-ei.
-Eu nunca deixo o lugar de onde parti".

Maria.
(12-01-2012 - Proíbida cópia parcial ou integral).
Beijo n´oteudoceolhar.

5 Comentários:

Blogger Flor de Jasmim disse...

Maria minha querida

Saudade, partir e ficar algo que dói, aqui partes mas deixas teu coração, isso será o não chegar a partir, mas a dor fica, não parte.

Lindo demais!

Beijinho e uma flor

1 de fevereiro de 2012 às 16:02  
Blogger PauloSilva disse...

E fantástico regresso será esse de onde nunca se partiu verdadeiramente! Absolutamente palavras mágicas, um ir mas não partir. Um ficar mas não estar. Enfim. Sem palavras!

(Só um pequeno erro "e olho-te num olhar onde está ESCRIRO) Só isso, Maria.

Continuação desta bela e inovadora inspiração. Abraço.

1 de fevereiro de 2012 às 16:19  
Blogger oteudoceolhar disse...

Minha Flor,

Esta saudade, por vezes doi, por vezes “moi”, por vezes e tantas são as vezes, alimenta, dá vida…por isso está intacto o coração, não se parte, apenas bate.

Obrigada minha querida.

Beijo n´oteudoceolhar.

1 de fevereiro de 2012 às 17:43  
Blogger oteudoceolhar disse...

Pensador,

Eu nunca deixo o lugar de onde parti, porque simplesmente não tenho de partir. Eu fico, onde estou, como estou … aqui.
Sabes só quando parto?
Quando vou para esse mundo aí do outro lado, aí para esse Mar, para o meu mundo, tão particular, e mesmo assim, nem daí eu parto, como nem aí eu fico (pelo menos para já). Um dia alguém me disse que eu tinha o coração grande…Talvez, talvez seja isso, que me leva a conseguir, estar, ficar, sem nunca partir.
Uma última palavra …Confiança. Essa também nos leva a ficar, e não partir…

Beijo n´oteudoceolhar.

(Obrigado pela chamada de atenção…corrigido o erro).

1 de fevereiro de 2012 às 18:20  
Blogger Moonlight disse...

Olá!

Lindoooo!
As nossas saudades...as nossas ausencias...as nossas partidas e o nosso estar sempre num lugar qualquer sem nunca o deixar....só poderia ser mesmo um ser Caranguejo!!!
Adorei!Obrigada pela sua linda visita,volte sempre que quiser e se sinta em casa.Eu ficarei muito feliz.Aqui eu voltarei sempre que me for possivél com um prazer enorme.

Bjinho cheio de luar

1 de fevereiro de 2012 às 21:22  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial