! !

segunda-feira, 26 de março de 2012

..."De que são feitos os sonhos?" - (Primeira Parte)






"Como nasce um sonho?
O eu, o tu, o nós...o sonho.
O sonho pode ter mil rostos, mil cores, mil sons, mil encantos...mas o que faz do sonho, ser o sonho?
Nós!
Há um ano atrás, eu fui atrás de um sonho...fui sozinha, e acabei por fazer o "trajecto" de 365 dias, acompanhada.
Viver um sonho durante 365 dias, esperar este tempo, numa espera cansativa, mas feita de alma e coração...com muita expectativa, ilusão e espanto...
Feita de percalços, de curvas e contra curvas.
Mas eu, o ser que em tão pouca conta se tinha (passado), lançou-se sozinha a um sonho ... seu, um sonho seu.
Por realizar, a realizar.
Lancei-me num passo bem maior do que as minhas pernas, mas ainda assim, lancei-me.
Mais uma vez, pude ver quem esteve ao meu lado, quem está e quem estará.
Em quem confiar, em quem puder dar a mão e de quem receber a mão.
Acima de tudo, algo bem simples…
Eu.
Eu tenho valor, eu valho, bem mais hoje do que ontem…
Vá eu ao tapete as vezes que for, o que conquistei, ontem e hoje fará de mim alguém bem mais especial, hoje e amanhã, pelo menos ao meu olhar.
Apesar de ser um passo, bem maior do que as minhas pernas, eu dei-o e venci…
Mais uma vez as mulheres…
E se hoje me sinto uma vencedora, devo-o a mim e a uma mulher.
Data do primeiro mail 26 de Janeiro de 2011.
O sonho tem data e tal como tem data, também está guardado.
Um e-mail que me deixou por vários motivos “colada” à cadeira a olhar o ecrã…a ler o que me era dito pelas palavras, bem como o sim, dado ao meu pedido.
De que são feitos os sonhos?
O meu de paredes brancas…
Paredes que de tão brancas ferem o olhar, paredes que colori de cores e mil cores, que “desenhei” mentalmente durante meses.
E é chegada a hora, de passar à acção.
É arregaçar as mangas e deitar mão à obra.
Nunca tinha vivido sob tanta pressão, nunca tinha tido dias intermináveis de tanta “preocupação”.
Ponto número um, acima de tudo: não decepcionar quem apostou em mim.
Aquela que é dona de um sorriso, ternurento, de um olhar doce cheio de vida, de uma clássica presença que se distingue.
Aquela que dá a cara por aquele espaço…a Sandra.
A Sandra que constantemente me diz para a tratar por tu, e eu simplesmente não consegui…entendo-o como uma forma de respeito.
E ela continua a “teimar”, e eu só ao fim de dois ou três dias antes da inauguração é que finalmente trato a Sandra por tu.

“Eu confio em ti Maria, faz-se como entenderes…”

E mais uma vez tudo o que delineei, tudo o que desenhei, tudo aquilo que lhe mostrei, é aceite sem qualquer intreferência ao meu estilo, gosto "toque" e até música.
A Sandra olha para mim com o mesmo orgulho com que me olho ao espelho.
"É agora...".
The Show is about to Start.
Assim se começa a viver um sonho...
Quem disse que os sonhos não se podem realizar?
Podem sem dúvida, claro que por vezes, temos de dar o primeiro passo...
E se não tivermos sorte?
Verdade...podemos levar sempre com um não, pela frente.
Esta mulher deu-me um sim, ela confiou em mim "Maria desde a primeira vez que vi os teus trabalhos que soube que não me ias desiludir..."
E eu igual a mim própria, vestindo um orgulho meu, e guardando uma lágrima no peito, olho-a e sim ela teve e tem razões para confiar em mim...
Hoje a Sandra é mais do que uma funcionária, desta casa a quem um dia tratei por voçê...hoje é um doce olhar, que se tornou numa amiga".

Maria.
Beijo n´oteudoceolhar.

(p.s: A aventura continua. Claro que alguns de vocês já se deram conta do que virá...ainda assim,
trarei o resto de um sonho vivido, a 100%, por mim e pelos meus...
Como aqui, fica sempre parte (grande parte), de mim, partilharei como vocês o resto...
Com algumas "arestas limadas", e tudo a seu tempo...).

8 Comentários:

Anonymous Palmira disse...

Mesmo que o sonho se preencha num livro, numa tela branca ou na parede neutra, luta sempre pelo teu sonho!

26 de março de 2012 às 13:19  
Blogger PauloSilva disse...

« o que conquistei, ontem e hoje fará de mim alguém bem mais especial, hoje e amanhã,» E tudo se resume a uma linda, verdadeira e bem escrita verdade! Não é assim que sempre será, Maria? A queda de hoje nos ajudará a saltar o buraco de amanhã. Ponto.
Os sonhos serão concretizados, energia e luta precisa-se.
Aqui me deixo ficar, a música que me encanta e esgana o meu cansaço para depois se encostar a ele... Que sejam felizes os dois, eu também serei.

Um abraço, tão grande...

26 de março de 2012 às 18:44  
Blogger Flor de Jasmim disse...

Minha querida Maria
Tal como a Sandra também eu acredito em ti.
Força amiga segue em frente com os teus sonhos e realiza-os.

eu também vou fazer tudo para que os meus sonhos (meus netinhos) não vão ter que ir para nenhuma instituição.

Beijinho e uma flor

26 de março de 2012 às 22:52  
Blogger oteudoceolhar disse...

Pensador,

…esse abraço chegou à Maria, esta sua Tia, que tanto o estima…eu caminho sim, de mão dada com o sonho, que vivi acredita a 100%, e hoje, no hoje, ainda queria estar a dormir no ontem. Durou, o tempo que durou, ficou para a vida…tanto, do tanto que vivi, do tanto que acreditei não ser possível…mas. Sim os sonhos por vezes realizam-se…Amém e ainda bem que assim é … e sabes que mais? Hoje olho-me, seja como for que me olhe, olho-me bem diferente e merecedora de cada minuto que passou … Sonhando, com mais paredes brancas e com mais linhas e alíneas … assim se fazem os meus sonhos hoje…de mim. De mim, junto a vós e junto aqueles que estão ao meu lado…Eu assumo-me uma pessoa que não tem vergonha de gostar de pessoas…ainda acredito nas pessoas…ainda. Nelas e nos seus actos, que me deixam tantas vezes a duvidar, de como é frágil o ser humano, nas suas inseguranças… Porque não acreditar? Voltaria atrás para me deixar estar a sonhar, acreditas? Acreditas… e agora esta sua tia Maria, fica em pausa, a ouvir o piano que tanto gosta, estes acordes de memórias…
Beijon´oteudoceolhar Pensador…o sonho comandará sempre a vida, felizes nós que sonhamos.

27 de março de 2012 às 10:11  
Blogger oteudoceolhar disse...

Minha Flor,

Obrigada. Hoje acredita, que até eu acredito bem mais em mim, e na força que pensava não ter. Fui busca-la aos meus (pela ordem: de três homens a que chamo cordas de salvação – depois entenderás), filho, mãe … e a MIM.
A MIM, porque a ajuda veio de muitos lados, mas ao vir, eu apenas aceitei e deixei que me ajudassem, daí que o meu papel, também foi (sendo muito), fundamental.
Se é fácil?
Nada mas mesmo nada…mas já está.
Obrigada pela força…TU, tens de a ter idem …como, já pensei várias formas de to dizer, de procurar ajudar … mas as vidas são complexas, como complexo é o ser. Quem sou eu…até porque apenas sei o que me deixas. Mas tens de ir buscar a força bem no fundo do fundo de TI, para depois dares força, e construir paredes sólidas, parta os teus pequeninos…quem sou eu? Eu nada sei, mas estou aqui deste lado, ouço o que tiveres a “dizer” e procuro, ao meu jeito…ajudar, mais não seja estando aqui. FORÇA…que não te falte. O caminho, um dia chegará a um fim, onde o Sol Brilhará…ACREDITA.

27 de março de 2012 às 10:20  
Blogger Nilson Barcelli disse...

Parabéns a ti e à Sandra (que não conheço).
Vocês sonharam e a obra nasce...
Gostei do teu post, é impressionante, pois abriste a alma até ao fundo de ti.
Beijos, querida amiga.

27 de março de 2012 às 19:23  
Blogger Moonlight disse...

Minha já querida amiga Maria,

De que são feitos os sonhos...?Principalmente de NÒS!Sem duvida alguma,somos as primeiras sempre a acreditar nesse sonho e quere-lo tornar realidade.Só assim conseguiremos!E se não der certo...tentamos de novo e de novo até lá chegar.
Acredito que o resto que por aí virá será tão emocionante como o que li até aqui.Espero...
Minha querida não querendo ser repetitiva,as caranguejo são assim.....ás vezes demoram um pouco...mas quando se lançam é de alma e coração e de entrega total e depois logo se vê...!Mas muitas vezes mesmo acreditando em nós...precisamos (assim como hei-de dizer)de uma luz que nos aconchega e conforta o coração e nos faz dár o salto!Sim porque nós somos capazes sempre de dár esse salto!
Espero o resto....por favor nao demore,sabes....eu sou novata por aqui...:))))

Bjinho cheio de luar

29 de março de 2012 às 22:23  
Blogger oteudoceolhar disse...

Moonlight,

é quase uma falta de respeito para com o Nilson, deveria responder primeiro a ele...mas...Mas, arrancas-te-me um sorriso...estou agarrada ao computador a escrever. Acho-te tão parecida a mim...és tu e a secreta, ela eu Gosto por demais não escondo, e nem sequer a conheço...mas acompanha-me faz quase 6 anos...Tu és novata? E? Conheces-me já um pouco verdade...deixa-te estar...vais gostar, porque sim assumidamente o que vem, é bom muito bom, especialmente para aqueles que tal como nós caranguejinhas, de coração e alma assumidamente vivemos o sentir...quem não entender...Temos Tanta, mas tanta pena... Eu Tive sim uma Luz, dourada como o sol, tive, e tenho...sei que a ganhei para a vida, da forma mais simples e dificil de encontrar, pelo respeito, pela confiança, pelo alento, pelo valor que me foi dado. Pelo ensinamento, pelo ajudar-me a chegar lá, bem ao fundo e assumir, que sim tenho valor. Não só me foi dado, como me foi feito ver que sim, eu valho bem mais do que todos aqueles que me querem fazer crer o contrário.

Aguarda...Maria está a escrever e a organizar pensamentos, mas Maria assim que tiver novidades, vai correr a contar-te, ou melhor, irei dizer-te para vires ver, de que são feitos dos sonhos além de `NÓS!

Beijo n´oteudoceolhar.

29 de março de 2012 às 22:30  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

} @media handheld { #wrap { width:90%; } #main-top { width:100%; background:#FFF3DB; } #main-bot { width:100%; background:#FFF3DB; } #main-content { width:100%; background:#FFF3DB; } } #inner-wrap { padding:0 50px; } #blog-header { margin-bottom:0px; } #blog-header h1 { margin:0; padding:0 0 6px 0; font-size:225%; font-weight:normal; color:#612E00; } #blog-header h1 a:link { text-decoration:none; } #blog-header h1 a:visited { text-decoration:none; } #blog-header h1 a:hover { border:0; text-decoration:none; } #blog-header p { margin:0; padding:0; font-style:italic; font-size:94%; line-height:1.5em; } div.clearer { clear:left; line-height:0; height:10px; margin-bottom:12px; _margin-top:-4px; /* IE Windows target */ background:url("") no-repeat bottom left; } @media all { #main { width:560px; float:left; padding:8px 0; margin-left:-40px; } #sidebar { width:240px; float:right; padding:8px 0; margin-left:-50px; } @media handheld { #main { width:100%; float:none; } #sidebar { width:100%; float:none; } } #footer { clear:both; background:url("") no-repeat top left; padding-top:10px; _padding-top:6px; /* IE Windows target */ } #footer p { line-height:1.5em; font-family:Verdana, sans-serif; font-size:75%; } /* Typography :: Main entry ----------------------------------------------- */ h2.date-header { font-weight:normal; text-transform:capitalize; text-align:right; letter-spacing:.1em; font-size:90%; margin:0; padding:0; } .post { text-align:center; margin:8px 0 24px 0; line-height:1.5em; } h3.post-title { font-weight:normal; text-align:center; font-size:140%; color:#da70cd; margin:0; padding:0; } .post-body p { text-align:center; margin:0 0 .6em 0; } .post-footer { font-family:Verdana, sans-serif; color:#da70cd; font-size:74%; border-top:0px solid #BFB186; padding-top:6px; } .post ul { margin:0; padding:0; } .post li { line-height:1.5em; list-style:none; background:url("") no-repeat 0px .3em; vertical-align:top; padding: 0 0 .6em 17px; margin:0; } /* Typography :: Sidebar ----------------------------------------------- */ h2.sidebar-title { font-weight:normal; font-size:120%; margin:0; padding:0; color:#da70cd; } h2.sidebar-title img { margin-bottom:-4px; } #sidebar ul { font-family:Verdana, sans-serif; font-size:86%; margin:6px 0 12px 0; padding:0; } #sidebar ul li { list-style: none; padding-bottom:6px; margin:0; } #sidebar p { text-align:center; font-family:Verdana,sans-serif; font-size:86%; margin:0 0 .6em 0; } /* Comments ----------------------------------------------- */ #comments {} #comments h4 { font-weight:normal; font-size:120%; color:#29303B; margin:0; padding:0; } #comments-block { line-height:1.5em; } .comment-poster { background:url("") no-repeat 2px .35em; margin:.5em 0 0; padding:0 0 0 20px; font-weight:bold; } .comment-body { margin:0; padding:0 0 0 20px; } .comment-body p { font-size:100%; margin:0 0 .2em 0; } .comment-timestamp { font-family:Verdana, sans-serif; color:#29303B; font-size:74%; margin:0 0 10px; padding:0 0 .75em 20px; } .comment-timestamp a:link { color:#473624; text-decoration:underline; } .comment-timestamp a:visited { color:#716E6C; text-decoration:underline; } .comment-timestamp a:hover { color:#956839; text-decoration:underline; } .comment-timestamp a:active { color:#956839; text-decoration:none; } .deleted-comment { font-style:italic; color:gray; } .paging-control-container { float: right; margin: 0px 6px 0px 0px; font-size: 80%; } .unneeded-paging-control { visibility: hidden; } /* Profile ----------------------------------------------- */ #profile-container { margin-top:12px; padding-top:12px; height:auto; background:url("") no-repeat top left; } .profile-datablock { margin:0 0 4px 0; } .profile-data { display:inline; margin:0; padding:0 8px 0 0; text-transform:uppercase; letter-spacing:.1em; font-size:90%; color:#211104; } .profile-img {display:inline;} .profile-img img { float:left; margin:0 8px 0 0; border:1px solid #A2907D; padding:2px; } .profile-textblock { font-family:Verdana, sans-serif;font-size:86%;margin:0;padding:0; } .profile-link { margin-top:5px; font-family:Verdana,sans-serif; font-size:86%; } /* Post photos ----------------------------------------------- */ img.post-photo { border:1px solid #A2907D; padding:4px; } /* Feeds ----------------------------------------------- */ #blogfeeds { } #postfeeds { padding:0 0 12px 20px; }

segunda-feira, 26 de março de 2012

..."De que são feitos os sonhos?" - (Primeira Parte)






"Como nasce um sonho?
O eu, o tu, o nós...o sonho.
O sonho pode ter mil rostos, mil cores, mil sons, mil encantos...mas o que faz do sonho, ser o sonho?
Nós!
Há um ano atrás, eu fui atrás de um sonho...fui sozinha, e acabei por fazer o "trajecto" de 365 dias, acompanhada.
Viver um sonho durante 365 dias, esperar este tempo, numa espera cansativa, mas feita de alma e coração...com muita expectativa, ilusão e espanto...
Feita de percalços, de curvas e contra curvas.
Mas eu, o ser que em tão pouca conta se tinha (passado), lançou-se sozinha a um sonho ... seu, um sonho seu.
Por realizar, a realizar.
Lancei-me num passo bem maior do que as minhas pernas, mas ainda assim, lancei-me.
Mais uma vez, pude ver quem esteve ao meu lado, quem está e quem estará.
Em quem confiar, em quem puder dar a mão e de quem receber a mão.
Acima de tudo, algo bem simples…
Eu.
Eu tenho valor, eu valho, bem mais hoje do que ontem…
Vá eu ao tapete as vezes que for, o que conquistei, ontem e hoje fará de mim alguém bem mais especial, hoje e amanhã, pelo menos ao meu olhar.
Apesar de ser um passo, bem maior do que as minhas pernas, eu dei-o e venci…
Mais uma vez as mulheres…
E se hoje me sinto uma vencedora, devo-o a mim e a uma mulher.
Data do primeiro mail 26 de Janeiro de 2011.
O sonho tem data e tal como tem data, também está guardado.
Um e-mail que me deixou por vários motivos “colada” à cadeira a olhar o ecrã…a ler o que me era dito pelas palavras, bem como o sim, dado ao meu pedido.
De que são feitos os sonhos?
O meu de paredes brancas…
Paredes que de tão brancas ferem o olhar, paredes que colori de cores e mil cores, que “desenhei” mentalmente durante meses.
E é chegada a hora, de passar à acção.
É arregaçar as mangas e deitar mão à obra.
Nunca tinha vivido sob tanta pressão, nunca tinha tido dias intermináveis de tanta “preocupação”.
Ponto número um, acima de tudo: não decepcionar quem apostou em mim.
Aquela que é dona de um sorriso, ternurento, de um olhar doce cheio de vida, de uma clássica presença que se distingue.
Aquela que dá a cara por aquele espaço…a Sandra.
A Sandra que constantemente me diz para a tratar por tu, e eu simplesmente não consegui…entendo-o como uma forma de respeito.
E ela continua a “teimar”, e eu só ao fim de dois ou três dias antes da inauguração é que finalmente trato a Sandra por tu.

“Eu confio em ti Maria, faz-se como entenderes…”

E mais uma vez tudo o que delineei, tudo o que desenhei, tudo aquilo que lhe mostrei, é aceite sem qualquer intreferência ao meu estilo, gosto "toque" e até música.
A Sandra olha para mim com o mesmo orgulho com que me olho ao espelho.
"É agora...".
The Show is about to Start.
Assim se começa a viver um sonho...
Quem disse que os sonhos não se podem realizar?
Podem sem dúvida, claro que por vezes, temos de dar o primeiro passo...
E se não tivermos sorte?
Verdade...podemos levar sempre com um não, pela frente.
Esta mulher deu-me um sim, ela confiou em mim "Maria desde a primeira vez que vi os teus trabalhos que soube que não me ias desiludir..."
E eu igual a mim própria, vestindo um orgulho meu, e guardando uma lágrima no peito, olho-a e sim ela teve e tem razões para confiar em mim...
Hoje a Sandra é mais do que uma funcionária, desta casa a quem um dia tratei por voçê...hoje é um doce olhar, que se tornou numa amiga".

Maria.
Beijo n´oteudoceolhar.

(p.s: A aventura continua. Claro que alguns de vocês já se deram conta do que virá...ainda assim,
trarei o resto de um sonho vivido, a 100%, por mim e pelos meus...
Como aqui, fica sempre parte (grande parte), de mim, partilharei como vocês o resto...
Com algumas "arestas limadas", e tudo a seu tempo...).

8 Comentários:

Anonymous Palmira disse...

Mesmo que o sonho se preencha num livro, numa tela branca ou na parede neutra, luta sempre pelo teu sonho!

26 de março de 2012 às 13:19  
Blogger PauloSilva disse...

« o que conquistei, ontem e hoje fará de mim alguém bem mais especial, hoje e amanhã,» E tudo se resume a uma linda, verdadeira e bem escrita verdade! Não é assim que sempre será, Maria? A queda de hoje nos ajudará a saltar o buraco de amanhã. Ponto.
Os sonhos serão concretizados, energia e luta precisa-se.
Aqui me deixo ficar, a música que me encanta e esgana o meu cansaço para depois se encostar a ele... Que sejam felizes os dois, eu também serei.

Um abraço, tão grande...

26 de março de 2012 às 18:44  
Blogger Flor de Jasmim disse...

Minha querida Maria
Tal como a Sandra também eu acredito em ti.
Força amiga segue em frente com os teus sonhos e realiza-os.

eu também vou fazer tudo para que os meus sonhos (meus netinhos) não vão ter que ir para nenhuma instituição.

Beijinho e uma flor

26 de março de 2012 às 22:52  
Blogger oteudoceolhar disse...

Pensador,

…esse abraço chegou à Maria, esta sua Tia, que tanto o estima…eu caminho sim, de mão dada com o sonho, que vivi acredita a 100%, e hoje, no hoje, ainda queria estar a dormir no ontem. Durou, o tempo que durou, ficou para a vida…tanto, do tanto que vivi, do tanto que acreditei não ser possível…mas. Sim os sonhos por vezes realizam-se…Amém e ainda bem que assim é … e sabes que mais? Hoje olho-me, seja como for que me olhe, olho-me bem diferente e merecedora de cada minuto que passou … Sonhando, com mais paredes brancas e com mais linhas e alíneas … assim se fazem os meus sonhos hoje…de mim. De mim, junto a vós e junto aqueles que estão ao meu lado…Eu assumo-me uma pessoa que não tem vergonha de gostar de pessoas…ainda acredito nas pessoas…ainda. Nelas e nos seus actos, que me deixam tantas vezes a duvidar, de como é frágil o ser humano, nas suas inseguranças… Porque não acreditar? Voltaria atrás para me deixar estar a sonhar, acreditas? Acreditas… e agora esta sua tia Maria, fica em pausa, a ouvir o piano que tanto gosta, estes acordes de memórias…
Beijon´oteudoceolhar Pensador…o sonho comandará sempre a vida, felizes nós que sonhamos.

27 de março de 2012 às 10:11  
Blogger oteudoceolhar disse...

Minha Flor,

Obrigada. Hoje acredita, que até eu acredito bem mais em mim, e na força que pensava não ter. Fui busca-la aos meus (pela ordem: de três homens a que chamo cordas de salvação – depois entenderás), filho, mãe … e a MIM.
A MIM, porque a ajuda veio de muitos lados, mas ao vir, eu apenas aceitei e deixei que me ajudassem, daí que o meu papel, também foi (sendo muito), fundamental.
Se é fácil?
Nada mas mesmo nada…mas já está.
Obrigada pela força…TU, tens de a ter idem …como, já pensei várias formas de to dizer, de procurar ajudar … mas as vidas são complexas, como complexo é o ser. Quem sou eu…até porque apenas sei o que me deixas. Mas tens de ir buscar a força bem no fundo do fundo de TI, para depois dares força, e construir paredes sólidas, parta os teus pequeninos…quem sou eu? Eu nada sei, mas estou aqui deste lado, ouço o que tiveres a “dizer” e procuro, ao meu jeito…ajudar, mais não seja estando aqui. FORÇA…que não te falte. O caminho, um dia chegará a um fim, onde o Sol Brilhará…ACREDITA.

27 de março de 2012 às 10:20  
Blogger Nilson Barcelli disse...

Parabéns a ti e à Sandra (que não conheço).
Vocês sonharam e a obra nasce...
Gostei do teu post, é impressionante, pois abriste a alma até ao fundo de ti.
Beijos, querida amiga.

27 de março de 2012 às 19:23  
Blogger Moonlight disse...

Minha já querida amiga Maria,

De que são feitos os sonhos...?Principalmente de NÒS!Sem duvida alguma,somos as primeiras sempre a acreditar nesse sonho e quere-lo tornar realidade.Só assim conseguiremos!E se não der certo...tentamos de novo e de novo até lá chegar.
Acredito que o resto que por aí virá será tão emocionante como o que li até aqui.Espero...
Minha querida não querendo ser repetitiva,as caranguejo são assim.....ás vezes demoram um pouco...mas quando se lançam é de alma e coração e de entrega total e depois logo se vê...!Mas muitas vezes mesmo acreditando em nós...precisamos (assim como hei-de dizer)de uma luz que nos aconchega e conforta o coração e nos faz dár o salto!Sim porque nós somos capazes sempre de dár esse salto!
Espero o resto....por favor nao demore,sabes....eu sou novata por aqui...:))))

Bjinho cheio de luar

29 de março de 2012 às 22:23  
Blogger oteudoceolhar disse...

Moonlight,

é quase uma falta de respeito para com o Nilson, deveria responder primeiro a ele...mas...Mas, arrancas-te-me um sorriso...estou agarrada ao computador a escrever. Acho-te tão parecida a mim...és tu e a secreta, ela eu Gosto por demais não escondo, e nem sequer a conheço...mas acompanha-me faz quase 6 anos...Tu és novata? E? Conheces-me já um pouco verdade...deixa-te estar...vais gostar, porque sim assumidamente o que vem, é bom muito bom, especialmente para aqueles que tal como nós caranguejinhas, de coração e alma assumidamente vivemos o sentir...quem não entender...Temos Tanta, mas tanta pena... Eu Tive sim uma Luz, dourada como o sol, tive, e tenho...sei que a ganhei para a vida, da forma mais simples e dificil de encontrar, pelo respeito, pela confiança, pelo alento, pelo valor que me foi dado. Pelo ensinamento, pelo ajudar-me a chegar lá, bem ao fundo e assumir, que sim tenho valor. Não só me foi dado, como me foi feito ver que sim, eu valho bem mais do que todos aqueles que me querem fazer crer o contrário.

Aguarda...Maria está a escrever e a organizar pensamentos, mas Maria assim que tiver novidades, vai correr a contar-te, ou melhor, irei dizer-te para vires ver, de que são feitos dos sonhos além de `NÓS!

Beijo n´oteudoceolhar.

29 de março de 2012 às 22:30  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial