! !

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

... " A Vida é ???" ...



Dizem que a vida é...
Tanta, tanta coisa...
Dizem que não há coincidências.
Dizem que há coincidências...
Dizem que o destino está escrito.
Dizem que o destino se escreve dia a dia.
Dizem os ditados, dizem as gentes, ditam os costumes, as culturas...tudo e nada.
E no fim o que nos resta?
No que acreditar, em quem acreditar?
No velho testamento, no novo testamento?
Como, quando, onde?
No fim o que nos resta?
E quem não é crente?
E quem é crente?
Como, quando, onde?
Eu acredito, na minha "verdade", não absoluta, no que sinto, no meu interior.
No meu sexto sentido.
O que é?
Como se manifesta?
É um todo do real do irreal, que acabei de escrever.
Não entendam, eu própria não entendo o porquê.
Neste momento bebo um café (ainda fica frio), aguardo o barco, depois de uma ida ao cinema (fazia "séculos" que isso não acontecia), depois de um dia de trabalho feito com muito pouca vontade.
Estou de facto cansada...
Mas fiz tudo a que me prupôs.
Trabalhei, tive tempo para um pouco de lazer, com o amigo de sempre.
E até tempo para escrever.
Escrevo num misto de "confusão".
Afinal o que me está ainda reservado?
O que me que me quer transmitir o meu sexto sentido?
O quê???
De há uns meses a esta parte tem sido assim, o destino escreve-se no dia a dia, verdade, mas pelo meio...
Muita calma, paciência e como diria (o meu avô, ficando a expressão de herança), o meu irmão, uma dose de estupidez natural (que naturalmente tenho).
Estou no corte inglês, recebo duas chamadas, uma delas começa com desabafos e mais desabafos.
No fim eu que sou perita em desabafar ouço..."pois é M.J, eu liguei, mesmo para te dar uma noticia".
Eu fico logo em "sentido"...
- e é boa ou má?
- é boa ...
Eu desligo o telemóvel de queixo caído (literalmente caído), e não estou em mim de feliz. (estranhamente feliz), o Luís fala e onde ando eu???
Algures com uma vontade tremenda de contar aqui e ali, tudo.
- desculpa lá Luís, estou longe.
- sim Maria dá para ver.
É que estou mesmo longe, a mente voa por palavras que aqui foram deixadas, por palavras que me foram escritas, que me foram ditas. Pela segunda vez que mas dizem, pela segunda vez que isso é feito algo acontece.
Venho a contar precisamente isso ao Luís, nas escadas rolantes até ao piso da roupa para homem.
E no fim do anúncio (não faço ideia ao quê)...eis senão quando.
Como é o "destino" que raio significa tudo aquilo?
Pela montras vejo umas nuvens "assombrosas", vou falando e "sacando" a maquina, para ir lá fora.
No final do anúncio uma música "há sempre uma música para tudo", já mo tinham dito e assim o entendo, mas porquê naquela hora, àquela hora, naquele instante e no meio  de milhares de músicas?
Porquê??
"Against the wind" - Bob Seger & The Silverbullet Band.
Por ventura ou sinal alguém me explica o inexplicável? Sim porque não há concidências, o destino não está escrito (ou está?), contornamos, caminhamos, fazemos a nossa história no nosso dia a dia, costumes, culturas, etc.
E eu olho para o Luís e ele fica com um ar ainda mais "parvo" do que eu, porque não entende nada e eu digo.
-Só podem estar a gozar comigo.
O Luís.
-Quem?
-Ninguém deixa lá, vou lá fora tirar umas fotos.
O que quer que esteja escrito, se está ou não, seja o que for, como, quando, uma coisa eu sei...ainda não acabou.
Não posso responder como o sei, não posso dizer se é bom se é "mau", mas continua a ser "escrito", e como sei?
Porque apenas sinto...
Aqui nem a célebre frase do Julio que uso tantas vezes "la vida sigue igual", me salva.
Porque nada é, nada foi, nem nada jamais será igual...

Maria.
Beijo n´oteudoceolhar.
(29-10-2011)


 
 

8 Comentários:

Blogger PauloSilva disse...

"Lá fora" - é uma expressão que mexe bastante comigo. Lida, dita ou ouvida. Sempre foi assim. Tão suave e pura, tão liberta e aconchegante ao mesmo tempo. Um beijo, Maria. Que o vento continue a demonstrar vida !

6 de novembro de 2011 às 01:02  
Blogger SOL da Esteva disse...

Maria

"(...)o destino escreve-se no dia a dia(...).
O destino, as vivências e a Alma castram-nos o sentir consciente "(...)Porque nada é, nada foi, nem nada jamais será igual..."
Belo

Beijos


SOL

6 de novembro de 2011 às 11:16  
Blogger oteudoceolhar disse...

Pensador,

"a vida corre e faz-se lá fora..." Será mais ou menos isto?
Curioso, fez-me lembrar o inicio de uma música.
Obrigada, por tudo o que disseste, talvez até seja um pouco desse "misto"...O vento é caricia de hoje, eu recebo o que ele me dá (mesmo quando exagera, no seu sopro, nos seus "sussurros").

Beijo n´oteudoceolhar.

7 de novembro de 2011 às 17:10  
Blogger oteudoceolhar disse...

Sol,

e agora, como te respondo?
É tal e qual assim: "(...)Porque nada é, nada foi, nem nada jamais será igual..."
NADA ...
Quanto ao "Belo" ... Obrigado.

Beijo n´oteudoceolhar.

7 de novembro de 2011 às 17:13  
Blogger Lacorrilha disse...

Eu nunca acreditei em coincidências.
Para mim essa situação da música é só mais um "post-it" de Deus para ti.
Ele faz o que pode, nós é que complicamos esta merda toda.
Beijocas

7 de novembro de 2011 às 18:13  
Blogger oteudoceolhar disse...

Eu também não vê lá tu... E de facto usando o termo é mesmo uma, bom deixa lá tenho idade para n me dar a estas coisas de asneiras, mas que é uma m...lá isso é. Mas olha lá que eu saiba tu nem no Sr. lá de cima és muito crente ... ele que mande post-its com fartura que os apanho e leio a todos. (bem chegou viu e venceu...tás a ver ninguém é fera como tu aqui no estáminé). RABINA (um som á maneira e olha que disto tb nunca gostei : http://www.youtube.com/user/sweetoteudoceolhar#p/f/15/My0HQ0QkGLQ )


**********

Deixaste-me mesmo a pensar, e é como te disse na sms que te mandei, NUNCA, neguei que quem me empurrou para voltar foste TU, como também nunca neguei o respeito e amizade que tenho…sabes há quanto tempo nos vemos por aqui n sabes? Não apanhei mesmo o porquê do comentário assim tão “frio”. És assim frontal boa, por isso o meu post de aniversário, tal e qual, é libertador, está na hora e ainda por cima pelo menos mais 10 anos do que tu, de aprender a ser frontal e dizer o que penso e sinto.
Tal como me empurraste para voltar eu tb empurrei alguma coisa, também não me esqueço de quem te empurrou para a fotografia... É um facto o homem complica demais…mas quem etendeu o telemóvel, fui eu, eu é que sei o que me foi dito, e o porquê…

7 de novembro de 2011 às 21:20  
Blogger Lacorrilha disse...

Mau Maria, aí é que tu te enganas. Eu não professo nenhuma religião, nem sequer fui baptizada, mas tenho uma fé em Deus que é inabalável. Uma coisa não implica a outra, certo?
Vou espreitar o vídeo.

7 de novembro de 2011 às 21:25  
Blogger oteudoceolhar disse...

Então meu bem, há coincidências, porque eu tb acredito num Deus que até pode nem sequer ser o Deus dos Católicos Apostólicos Romanos.
Tu tens a noção da amizade que te tenho??
Aqui mesmo para ficar bem marcadinho e para todos lerem.

Agora vou acabar outro post para colocar...

7 de novembro de 2011 às 21:35  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

} @media handheld { #wrap { width:90%; } #main-top { width:100%; background:#FFF3DB; } #main-bot { width:100%; background:#FFF3DB; } #main-content { width:100%; background:#FFF3DB; } } #inner-wrap { padding:0 50px; } #blog-header { margin-bottom:0px; } #blog-header h1 { margin:0; padding:0 0 6px 0; font-size:225%; font-weight:normal; color:#612E00; } #blog-header h1 a:link { text-decoration:none; } #blog-header h1 a:visited { text-decoration:none; } #blog-header h1 a:hover { border:0; text-decoration:none; } #blog-header p { margin:0; padding:0; font-style:italic; font-size:94%; line-height:1.5em; } div.clearer { clear:left; line-height:0; height:10px; margin-bottom:12px; _margin-top:-4px; /* IE Windows target */ background:url("") no-repeat bottom left; } @media all { #main { width:560px; float:left; padding:8px 0; margin-left:-40px; } #sidebar { width:240px; float:right; padding:8px 0; margin-left:-50px; } @media handheld { #main { width:100%; float:none; } #sidebar { width:100%; float:none; } } #footer { clear:both; background:url("") no-repeat top left; padding-top:10px; _padding-top:6px; /* IE Windows target */ } #footer p { line-height:1.5em; font-family:Verdana, sans-serif; font-size:75%; } /* Typography :: Main entry ----------------------------------------------- */ h2.date-header { font-weight:normal; text-transform:capitalize; text-align:right; letter-spacing:.1em; font-size:90%; margin:0; padding:0; } .post { text-align:center; margin:8px 0 24px 0; line-height:1.5em; } h3.post-title { font-weight:normal; text-align:center; font-size:140%; color:#da70cd; margin:0; padding:0; } .post-body p { text-align:center; margin:0 0 .6em 0; } .post-footer { font-family:Verdana, sans-serif; color:#da70cd; font-size:74%; border-top:0px solid #BFB186; padding-top:6px; } .post ul { margin:0; padding:0; } .post li { line-height:1.5em; list-style:none; background:url("") no-repeat 0px .3em; vertical-align:top; padding: 0 0 .6em 17px; margin:0; } /* Typography :: Sidebar ----------------------------------------------- */ h2.sidebar-title { font-weight:normal; font-size:120%; margin:0; padding:0; color:#da70cd; } h2.sidebar-title img { margin-bottom:-4px; } #sidebar ul { font-family:Verdana, sans-serif; font-size:86%; margin:6px 0 12px 0; padding:0; } #sidebar ul li { list-style: none; padding-bottom:6px; margin:0; } #sidebar p { text-align:center; font-family:Verdana,sans-serif; font-size:86%; margin:0 0 .6em 0; } /* Comments ----------------------------------------------- */ #comments {} #comments h4 { font-weight:normal; font-size:120%; color:#29303B; margin:0; padding:0; } #comments-block { line-height:1.5em; } .comment-poster { background:url("") no-repeat 2px .35em; margin:.5em 0 0; padding:0 0 0 20px; font-weight:bold; } .comment-body { margin:0; padding:0 0 0 20px; } .comment-body p { font-size:100%; margin:0 0 .2em 0; } .comment-timestamp { font-family:Verdana, sans-serif; color:#29303B; font-size:74%; margin:0 0 10px; padding:0 0 .75em 20px; } .comment-timestamp a:link { color:#473624; text-decoration:underline; } .comment-timestamp a:visited { color:#716E6C; text-decoration:underline; } .comment-timestamp a:hover { color:#956839; text-decoration:underline; } .comment-timestamp a:active { color:#956839; text-decoration:none; } .deleted-comment { font-style:italic; color:gray; } .paging-control-container { float: right; margin: 0px 6px 0px 0px; font-size: 80%; } .unneeded-paging-control { visibility: hidden; } /* Profile ----------------------------------------------- */ #profile-container { margin-top:12px; padding-top:12px; height:auto; background:url("") no-repeat top left; } .profile-datablock { margin:0 0 4px 0; } .profile-data { display:inline; margin:0; padding:0 8px 0 0; text-transform:uppercase; letter-spacing:.1em; font-size:90%; color:#211104; } .profile-img {display:inline;} .profile-img img { float:left; margin:0 8px 0 0; border:1px solid #A2907D; padding:2px; } .profile-textblock { font-family:Verdana, sans-serif;font-size:86%;margin:0;padding:0; } .profile-link { margin-top:5px; font-family:Verdana,sans-serif; font-size:86%; } /* Post photos ----------------------------------------------- */ img.post-photo { border:1px solid #A2907D; padding:4px; } /* Feeds ----------------------------------------------- */ #blogfeeds { } #postfeeds { padding:0 0 12px 20px; }

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

... " A Vida é ???" ...



Dizem que a vida é...
Tanta, tanta coisa...
Dizem que não há coincidências.
Dizem que há coincidências...
Dizem que o destino está escrito.
Dizem que o destino se escreve dia a dia.
Dizem os ditados, dizem as gentes, ditam os costumes, as culturas...tudo e nada.
E no fim o que nos resta?
No que acreditar, em quem acreditar?
No velho testamento, no novo testamento?
Como, quando, onde?
No fim o que nos resta?
E quem não é crente?
E quem é crente?
Como, quando, onde?
Eu acredito, na minha "verdade", não absoluta, no que sinto, no meu interior.
No meu sexto sentido.
O que é?
Como se manifesta?
É um todo do real do irreal, que acabei de escrever.
Não entendam, eu própria não entendo o porquê.
Neste momento bebo um café (ainda fica frio), aguardo o barco, depois de uma ida ao cinema (fazia "séculos" que isso não acontecia), depois de um dia de trabalho feito com muito pouca vontade.
Estou de facto cansada...
Mas fiz tudo a que me prupôs.
Trabalhei, tive tempo para um pouco de lazer, com o amigo de sempre.
E até tempo para escrever.
Escrevo num misto de "confusão".
Afinal o que me está ainda reservado?
O que me que me quer transmitir o meu sexto sentido?
O quê???
De há uns meses a esta parte tem sido assim, o destino escreve-se no dia a dia, verdade, mas pelo meio...
Muita calma, paciência e como diria (o meu avô, ficando a expressão de herança), o meu irmão, uma dose de estupidez natural (que naturalmente tenho).
Estou no corte inglês, recebo duas chamadas, uma delas começa com desabafos e mais desabafos.
No fim eu que sou perita em desabafar ouço..."pois é M.J, eu liguei, mesmo para te dar uma noticia".
Eu fico logo em "sentido"...
- e é boa ou má?
- é boa ...
Eu desligo o telemóvel de queixo caído (literalmente caído), e não estou em mim de feliz. (estranhamente feliz), o Luís fala e onde ando eu???
Algures com uma vontade tremenda de contar aqui e ali, tudo.
- desculpa lá Luís, estou longe.
- sim Maria dá para ver.
É que estou mesmo longe, a mente voa por palavras que aqui foram deixadas, por palavras que me foram escritas, que me foram ditas. Pela segunda vez que mas dizem, pela segunda vez que isso é feito algo acontece.
Venho a contar precisamente isso ao Luís, nas escadas rolantes até ao piso da roupa para homem.
E no fim do anúncio (não faço ideia ao quê)...eis senão quando.
Como é o "destino" que raio significa tudo aquilo?
Pela montras vejo umas nuvens "assombrosas", vou falando e "sacando" a maquina, para ir lá fora.
No final do anúncio uma música "há sempre uma música para tudo", já mo tinham dito e assim o entendo, mas porquê naquela hora, àquela hora, naquele instante e no meio  de milhares de músicas?
Porquê??
"Against the wind" - Bob Seger & The Silverbullet Band.
Por ventura ou sinal alguém me explica o inexplicável? Sim porque não há concidências, o destino não está escrito (ou está?), contornamos, caminhamos, fazemos a nossa história no nosso dia a dia, costumes, culturas, etc.
E eu olho para o Luís e ele fica com um ar ainda mais "parvo" do que eu, porque não entende nada e eu digo.
-Só podem estar a gozar comigo.
O Luís.
-Quem?
-Ninguém deixa lá, vou lá fora tirar umas fotos.
O que quer que esteja escrito, se está ou não, seja o que for, como, quando, uma coisa eu sei...ainda não acabou.
Não posso responder como o sei, não posso dizer se é bom se é "mau", mas continua a ser "escrito", e como sei?
Porque apenas sinto...
Aqui nem a célebre frase do Julio que uso tantas vezes "la vida sigue igual", me salva.
Porque nada é, nada foi, nem nada jamais será igual...

Maria.
Beijo n´oteudoceolhar.
(29-10-2011)


 
 

8 Comentários:

Blogger PauloSilva disse...

"Lá fora" - é uma expressão que mexe bastante comigo. Lida, dita ou ouvida. Sempre foi assim. Tão suave e pura, tão liberta e aconchegante ao mesmo tempo. Um beijo, Maria. Que o vento continue a demonstrar vida !

6 de novembro de 2011 às 01:02  
Blogger SOL da Esteva disse...

Maria

"(...)o destino escreve-se no dia a dia(...).
O destino, as vivências e a Alma castram-nos o sentir consciente "(...)Porque nada é, nada foi, nem nada jamais será igual..."
Belo

Beijos


SOL

6 de novembro de 2011 às 11:16  
Blogger oteudoceolhar disse...

Pensador,

"a vida corre e faz-se lá fora..." Será mais ou menos isto?
Curioso, fez-me lembrar o inicio de uma música.
Obrigada, por tudo o que disseste, talvez até seja um pouco desse "misto"...O vento é caricia de hoje, eu recebo o que ele me dá (mesmo quando exagera, no seu sopro, nos seus "sussurros").

Beijo n´oteudoceolhar.

7 de novembro de 2011 às 17:10  
Blogger oteudoceolhar disse...

Sol,

e agora, como te respondo?
É tal e qual assim: "(...)Porque nada é, nada foi, nem nada jamais será igual..."
NADA ...
Quanto ao "Belo" ... Obrigado.

Beijo n´oteudoceolhar.

7 de novembro de 2011 às 17:13  
Blogger Lacorrilha disse...

Eu nunca acreditei em coincidências.
Para mim essa situação da música é só mais um "post-it" de Deus para ti.
Ele faz o que pode, nós é que complicamos esta merda toda.
Beijocas

7 de novembro de 2011 às 18:13  
Blogger oteudoceolhar disse...

Eu também não vê lá tu... E de facto usando o termo é mesmo uma, bom deixa lá tenho idade para n me dar a estas coisas de asneiras, mas que é uma m...lá isso é. Mas olha lá que eu saiba tu nem no Sr. lá de cima és muito crente ... ele que mande post-its com fartura que os apanho e leio a todos. (bem chegou viu e venceu...tás a ver ninguém é fera como tu aqui no estáminé). RABINA (um som á maneira e olha que disto tb nunca gostei : http://www.youtube.com/user/sweetoteudoceolhar#p/f/15/My0HQ0QkGLQ )


**********

Deixaste-me mesmo a pensar, e é como te disse na sms que te mandei, NUNCA, neguei que quem me empurrou para voltar foste TU, como também nunca neguei o respeito e amizade que tenho…sabes há quanto tempo nos vemos por aqui n sabes? Não apanhei mesmo o porquê do comentário assim tão “frio”. És assim frontal boa, por isso o meu post de aniversário, tal e qual, é libertador, está na hora e ainda por cima pelo menos mais 10 anos do que tu, de aprender a ser frontal e dizer o que penso e sinto.
Tal como me empurraste para voltar eu tb empurrei alguma coisa, também não me esqueço de quem te empurrou para a fotografia... É um facto o homem complica demais…mas quem etendeu o telemóvel, fui eu, eu é que sei o que me foi dito, e o porquê…

7 de novembro de 2011 às 21:20  
Blogger Lacorrilha disse...

Mau Maria, aí é que tu te enganas. Eu não professo nenhuma religião, nem sequer fui baptizada, mas tenho uma fé em Deus que é inabalável. Uma coisa não implica a outra, certo?
Vou espreitar o vídeo.

7 de novembro de 2011 às 21:25  
Blogger oteudoceolhar disse...

Então meu bem, há coincidências, porque eu tb acredito num Deus que até pode nem sequer ser o Deus dos Católicos Apostólicos Romanos.
Tu tens a noção da amizade que te tenho??
Aqui mesmo para ficar bem marcadinho e para todos lerem.

Agora vou acabar outro post para colocar...

7 de novembro de 2011 às 21:35  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial