! !

domingo, 8 de maio de 2011

... Há uma semana foi assim ...


Há uma semana foi assim...
Um passeio pelo parque com o petit, e o "padinho".
Ver os patinhos, jogar á bola, apanhar ar ... creio que na verdade seria mais eu que precisava de apanhar ar.
Tudo sofoca...mas hoje é, e no ontem foi o dia da mãe.
Eu sou mãe...o papel mas importante nesta utópica e ilusória "coisa" a que chamam vida.
Um cafesinho com vista para o lago, e saltitos daqui para ali, saltitos que vou captando, mentalmente...como estás grande, como o tempo passa.
Um petit rebelde, que tem tanto de inteligente e "matreiro", como de meigo e doce ... um misto de personalidade.
Sabes o que queres e o que fazer para conseguir, mas também já passei por aí e hoje é minha obrigação enquanto mãe, de "lapidar" de forma coerente e contida o teu passo...
Quando me dás a prenda do dia da mãe ... sinto o imenso orgulho, a minha primeira prenda do dia da mãe, feita por ti, essas mãosinhas mimosas e pequeninas criaram para mim um quadro que já se instalou nas paredes do nosso quarto, um postal com uma frase que não tem muito de verdadeira "mãe tu és o anjo que me acorda pela manhã..."
Na correria das manhãs, digamos que de angelical não encontramos muito, mas é a doçura o brilho dos teus olhinhos, pelo meu espanto exagerado que faz valer o momento...manda que seja assim, nem que por dentro desabe o mundo, e corram rios de lagrimas...manda que eu sinta aquele momento como meu, e foi, foi de facto um momento de emoção.
Sentir os teus bracinhos num abraço, e ouvir "gosto muito de ti, és o meu amor", "tu também Tomás és o meu amor..."
Esse sim é um Amor incondicional, uma vez sendo mãe, tudo se sente de outra forma...aquele pequenino ser, que nos ama com todos os defeitos e virtudes que possamos ter...
Há uma semana foi assim ...
Esta semana, será parecida, porque voltaremos a ir ao parque apanhar ar, ver os patinhos, jogar á bola...o mundo vai continuando a desabar, os rios continuam a correr...e nós vamo-nos a continuar a amar.

AMO-TE MEU FILHO.

Maria
E semana após semana o tempo vai passando, o mundo vai girando..
ontem assim, no amanhã assim será.
Hoje fez uma semana, sobre o dia da mãe...
Hoje fizeram 11 anos em que o mundo girou, e nesse mundo que gira,
apareceu pela primeira vez o teu Pai...

Etiquetas:

3 Comentários:

Blogger flor de jasmim disse...

Minha Querida
Li e reli...e acho que tenho tanto para te dizer, mas a única coisa para além deste nó na garganta apenas consigo sentir um aperto no meu peito e as lágrimas a correrem pelo meu rosto. Como eu precisava amiga ter um interropetor que podesse desligar de vez em quando. sou uma mãe que muito sofre, que tem duas filhotas que amo muito, uma está sofrendo demais, mesmo não querendo transmite esse sofrimento para os três filhotes que tem e que tanto ama, e que eu amo incondicionalmente. Para não sofrer é preciso não amar, mas amando a vida faz mais sentido... será?
Um grande beijinho noteudoceolhar

8 de maio de 2011 às 18:41  
Blogger Lacorrilha disse...

Olhem-me só para estas fotografias tão amorosas.
Lindo o amor de mãe.
Beijocas

9 de maio de 2011 às 17:03  
Anonymous Pedra da Lua disse...

Lindona, este tem o meu voto estrela, ou seja, gostei de ver algum animo no olhar escondido, gestos de ternura são a grande razão para este mundo continuar a girar, ainda que por vezes, gire ao contrario :) beijinho

9 de maio de 2011 às 22:38  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

} @media handheld { #wrap { width:90%; } #main-top { width:100%; background:#FFF3DB; } #main-bot { width:100%; background:#FFF3DB; } #main-content { width:100%; background:#FFF3DB; } } #inner-wrap { padding:0 50px; } #blog-header { margin-bottom:0px; } #blog-header h1 { margin:0; padding:0 0 6px 0; font-size:225%; font-weight:normal; color:#612E00; } #blog-header h1 a:link { text-decoration:none; } #blog-header h1 a:visited { text-decoration:none; } #blog-header h1 a:hover { border:0; text-decoration:none; } #blog-header p { margin:0; padding:0; font-style:italic; font-size:94%; line-height:1.5em; } div.clearer { clear:left; line-height:0; height:10px; margin-bottom:12px; _margin-top:-4px; /* IE Windows target */ background:url("") no-repeat bottom left; } @media all { #main { width:560px; float:left; padding:8px 0; margin-left:-40px; } #sidebar { width:240px; float:right; padding:8px 0; margin-left:-50px; } @media handheld { #main { width:100%; float:none; } #sidebar { width:100%; float:none; } } #footer { clear:both; background:url("") no-repeat top left; padding-top:10px; _padding-top:6px; /* IE Windows target */ } #footer p { line-height:1.5em; font-family:Verdana, sans-serif; font-size:75%; } /* Typography :: Main entry ----------------------------------------------- */ h2.date-header { font-weight:normal; text-transform:capitalize; text-align:right; letter-spacing:.1em; font-size:90%; margin:0; padding:0; } .post { text-align:center; margin:8px 0 24px 0; line-height:1.5em; } h3.post-title { font-weight:normal; text-align:center; font-size:140%; color:#da70cd; margin:0; padding:0; } .post-body p { text-align:center; margin:0 0 .6em 0; } .post-footer { font-family:Verdana, sans-serif; color:#da70cd; font-size:74%; border-top:0px solid #BFB186; padding-top:6px; } .post ul { margin:0; padding:0; } .post li { line-height:1.5em; list-style:none; background:url("") no-repeat 0px .3em; vertical-align:top; padding: 0 0 .6em 17px; margin:0; } /* Typography :: Sidebar ----------------------------------------------- */ h2.sidebar-title { font-weight:normal; font-size:120%; margin:0; padding:0; color:#da70cd; } h2.sidebar-title img { margin-bottom:-4px; } #sidebar ul { font-family:Verdana, sans-serif; font-size:86%; margin:6px 0 12px 0; padding:0; } #sidebar ul li { list-style: none; padding-bottom:6px; margin:0; } #sidebar p { text-align:center; font-family:Verdana,sans-serif; font-size:86%; margin:0 0 .6em 0; } /* Comments ----------------------------------------------- */ #comments {} #comments h4 { font-weight:normal; font-size:120%; color:#29303B; margin:0; padding:0; } #comments-block { line-height:1.5em; } .comment-poster { background:url("") no-repeat 2px .35em; margin:.5em 0 0; padding:0 0 0 20px; font-weight:bold; } .comment-body { margin:0; padding:0 0 0 20px; } .comment-body p { font-size:100%; margin:0 0 .2em 0; } .comment-timestamp { font-family:Verdana, sans-serif; color:#29303B; font-size:74%; margin:0 0 10px; padding:0 0 .75em 20px; } .comment-timestamp a:link { color:#473624; text-decoration:underline; } .comment-timestamp a:visited { color:#716E6C; text-decoration:underline; } .comment-timestamp a:hover { color:#956839; text-decoration:underline; } .comment-timestamp a:active { color:#956839; text-decoration:none; } .deleted-comment { font-style:italic; color:gray; } .paging-control-container { float: right; margin: 0px 6px 0px 0px; font-size: 80%; } .unneeded-paging-control { visibility: hidden; } /* Profile ----------------------------------------------- */ #profile-container { margin-top:12px; padding-top:12px; height:auto; background:url("") no-repeat top left; } .profile-datablock { margin:0 0 4px 0; } .profile-data { display:inline; margin:0; padding:0 8px 0 0; text-transform:uppercase; letter-spacing:.1em; font-size:90%; color:#211104; } .profile-img {display:inline;} .profile-img img { float:left; margin:0 8px 0 0; border:1px solid #A2907D; padding:2px; } .profile-textblock { font-family:Verdana, sans-serif;font-size:86%;margin:0;padding:0; } .profile-link { margin-top:5px; font-family:Verdana,sans-serif; font-size:86%; } /* Post photos ----------------------------------------------- */ img.post-photo { border:1px solid #A2907D; padding:4px; } /* Feeds ----------------------------------------------- */ #blogfeeds { } #postfeeds { padding:0 0 12px 20px; }

domingo, 8 de maio de 2011

... Há uma semana foi assim ...


Há uma semana foi assim...
Um passeio pelo parque com o petit, e o "padinho".
Ver os patinhos, jogar á bola, apanhar ar ... creio que na verdade seria mais eu que precisava de apanhar ar.
Tudo sofoca...mas hoje é, e no ontem foi o dia da mãe.
Eu sou mãe...o papel mas importante nesta utópica e ilusória "coisa" a que chamam vida.
Um cafesinho com vista para o lago, e saltitos daqui para ali, saltitos que vou captando, mentalmente...como estás grande, como o tempo passa.
Um petit rebelde, que tem tanto de inteligente e "matreiro", como de meigo e doce ... um misto de personalidade.
Sabes o que queres e o que fazer para conseguir, mas também já passei por aí e hoje é minha obrigação enquanto mãe, de "lapidar" de forma coerente e contida o teu passo...
Quando me dás a prenda do dia da mãe ... sinto o imenso orgulho, a minha primeira prenda do dia da mãe, feita por ti, essas mãosinhas mimosas e pequeninas criaram para mim um quadro que já se instalou nas paredes do nosso quarto, um postal com uma frase que não tem muito de verdadeira "mãe tu és o anjo que me acorda pela manhã..."
Na correria das manhãs, digamos que de angelical não encontramos muito, mas é a doçura o brilho dos teus olhinhos, pelo meu espanto exagerado que faz valer o momento...manda que seja assim, nem que por dentro desabe o mundo, e corram rios de lagrimas...manda que eu sinta aquele momento como meu, e foi, foi de facto um momento de emoção.
Sentir os teus bracinhos num abraço, e ouvir "gosto muito de ti, és o meu amor", "tu também Tomás és o meu amor..."
Esse sim é um Amor incondicional, uma vez sendo mãe, tudo se sente de outra forma...aquele pequenino ser, que nos ama com todos os defeitos e virtudes que possamos ter...
Há uma semana foi assim ...
Esta semana, será parecida, porque voltaremos a ir ao parque apanhar ar, ver os patinhos, jogar á bola...o mundo vai continuando a desabar, os rios continuam a correr...e nós vamo-nos a continuar a amar.

AMO-TE MEU FILHO.

Maria
E semana após semana o tempo vai passando, o mundo vai girando..
ontem assim, no amanhã assim será.
Hoje fez uma semana, sobre o dia da mãe...
Hoje fizeram 11 anos em que o mundo girou, e nesse mundo que gira,
apareceu pela primeira vez o teu Pai...

Etiquetas:

3 Comentários:

Blogger flor de jasmim disse...

Minha Querida
Li e reli...e acho que tenho tanto para te dizer, mas a única coisa para além deste nó na garganta apenas consigo sentir um aperto no meu peito e as lágrimas a correrem pelo meu rosto. Como eu precisava amiga ter um interropetor que podesse desligar de vez em quando. sou uma mãe que muito sofre, que tem duas filhotas que amo muito, uma está sofrendo demais, mesmo não querendo transmite esse sofrimento para os três filhotes que tem e que tanto ama, e que eu amo incondicionalmente. Para não sofrer é preciso não amar, mas amando a vida faz mais sentido... será?
Um grande beijinho noteudoceolhar

8 de maio de 2011 às 18:41  
Blogger Lacorrilha disse...

Olhem-me só para estas fotografias tão amorosas.
Lindo o amor de mãe.
Beijocas

9 de maio de 2011 às 17:03  
Anonymous Pedra da Lua disse...

Lindona, este tem o meu voto estrela, ou seja, gostei de ver algum animo no olhar escondido, gestos de ternura são a grande razão para este mundo continuar a girar, ainda que por vezes, gire ao contrario :) beijinho

9 de maio de 2011 às 22:38  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial